https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Babilônia

 
 
Atrás do quintal
além do muro
existe outro mundo.
A vista, um vale
embaixo dos pés
um grande declínio
que leva-o ao paraíso
de jardins suspensos
obliquamente construídos.
Lá tem uma porta-sem muros
ao lado uma fortaleza-falida
com uma guarita inacabada-sem guarda
onde a brisa passa
o tempo paira
a liberdade é ganha
na vastidão infinda.
Porém, em frente-no vale
existe muita gente
um barulho profundo
de ônibus,buzina, mundo
outdoors e favelas por toda vista
e pairam no ar
o cheiro forte e ímpio
de pobreza, gás carbônico, e gasolina.
Sentada entre bananeiras
na Babilônia do meu tio
contrasto a ambigüidade do mundo
me deslumbro
fico feliz
na presença do meu primo
de corpo Herculano
traços finos
com olhos felinos
que me olham-devoram
enquanto assistimos juntos
ao pôr do sol.


Rosilene S. Adams

 
Autor
Rosilene
 
Texto
Data
Leituras
559
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/05/2009 04:27  Atualizado: 05/05/2009 04:27
 Re: Babilônia
de um lugar protegido, sentimo-nos felizes e seguros. daí enxergamos com mais agudez as diferenças. bom quando há com quem dividir aquilo que nos apraz. belo olhar poetisa.

um beijo e afetuoso abraço Rosilene.
Silveira