https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

As 4 estações

 
Junho. Juro. Vejo o teu olhar. Sonho. Vejo-te passar. Julho. Dolente. Vejo-te mover. Agosto. Quente. Vejo-te pedir. Setembro. Fresco. Noutros reparar. Outubro. Vento. Mudas de lugar. Novembro.Frio. Vês-me reparar. Natal. Presente. Janeiro no teu olhar. Frio. Sempre. Conversas no teu lugar. Fevereiro. Indiferente. Finjo acreditar. Março. Nascente. Finges ignorar-me. O teu olhar mente. Fixamos os nossos olhos. Abril. Florescente. Levanto a voz e digo: "Tu és mais que Maio. És um Verão todo. És 4 quatro estações. És toda uma vida". Hesitas então, momentaneamente. E vens ao meu mundo, onde tudo é diferente. O Verão nunca acaba e o é Natal para sempre.

 
Autor
voronov
Autor
 
Texto
Data
Leituras
771
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.