https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Amaldiçoada

 
Minha vida é feita só de dor,
Como se pagasse por mal antes feito,
E sofro eu sozinha e de um jeito
Que não encontro paz vá onde fôr.

Já chorei tanta mágoa e saudade,
Tantas lágrimas que fizeram sufocar
O meu peito sofrido de esperar,
Já cansado e sem livre vontade.

Espero agora o dia da minha morte
Que virá em breve e afinal
Alegro-me agora com minha sorte.

Se esperança houvesse de vir a ser amada
Não me entregaria de todo a este mal
Mas minha alma foi amaldiçoada.
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
1657
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
13
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 10/06/2007 00:45  Atualizado: 10/06/2007 00:45
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14964
 Re: Amaldiçoada p/ VeraSilva
Verinha querida

Que soneto triste
carregado de sentimentos
aflorados por uma grande
dor que aflige a tua alma
Não és amaldiçoada é apenas
mal amada por quem não sabe
te amar e principalmente
alguém como tu que mereces
todo o amor que neste mundo
de sentimentos existe...
tristemente belo...Parabéns

Beijinhos no coração


Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
LiaPansy
Publicado: 10/06/2007 01:11  Atualizado: 10/06/2007 01:11
Da casa!
Usuário desde: 21/05/2007
Localidade:
Mensagens: 291
 Re: Amaldiçoada
Muito triste, mas belo
Beijo

Enviado por Tópico
Diego M.
Publicado: 10/06/2007 04:38  Atualizado: 10/06/2007 04:38
Membro de honra
Usuário desde: 12/11/2006
Localidade: Rio Branco - AC
Mensagens: 392
 Re: Amaldiçoada
Pois se é amaldiçoada tu'alma, a minha o que é???
Alma amaldiçoada por lírios que insistem em florir sobre o campo da Poesia nas entranhas de tua mais profunda alma!!!

"Almadiçoada" pode até ser, mas o feitiço para reversão é simples: escrever, escrever, escrever...

Ah! quase me esquecia... e o ingrediente principal dessa receita: ESCREVER!!!


B
E
I
J
O
S
.

Enviado por Tópico
JSL
Publicado: 10/06/2007 04:52  Atualizado: 10/06/2007 04:52
Colaborador
Usuário desde: 10/05/2007
Localidade: Minho
Mensagens: 680
 Re: Amaldiçoada
Sou um pobre quase não poeta e para aqueles que choram, uma palavra saco da algibeira numa tentativa simples de poder dizer: olá.

MOTE
O poema é o alimento
Da alma que o faz
Para seu próprio sustento
Numa guerra pela paz

GLOSAS
E pela palavra que lavra
Pelo fruto do pensamento
A poesia dita a palavra
O poema é o alimento

Num papel o faz nascer
Algures num livro jaz
Retrato do poeta o dizer
Da alma que o faz

E o poeta pela dor nos diz
Quanto da dor é seu intento
E o sim e o não contradiz
Para seu próprio sustento

Com a pena entre bem e mal
No escrito o poeta apraz
Humaniza o homem animal
Numa guerra pela paz

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/06/2007 09:48  Atualizado: 10/06/2007 09:48
 Re: Amaldiçoada
Abençoada alma que nos dá versos assim.
Vejo que já ultrapassaste a fobia dos sonetos.
Parabéns.

Enviado por Tópico
Gilberto
Publicado: 10/06/2007 12:34  Atualizado: 10/06/2007 12:34
Colaborador
Usuário desde: 21/04/2007
Localidade: V.Nde GAIA-Porto
Mensagens: 1804
 Re: Amaldiçoada
Que poema triste querida amiga...

Belo poeticamente. Mas reflectindo uma enorme tristeza e frustração. Ânimo querida amiga! Força! Coragem! Há mais vida, para além da dor, e da desilusão.

Um beijinho de grande ternura.

Enviado por Tópico
Ivan Nux
Publicado: 10/06/2007 12:48  Atualizado: 10/06/2007 12:48
Novo Membro
Usuário desde: 10/06/2007
Localidade:
Mensagens: 1
 Re: Amaldiçoada
Um belo texto, triste, mas muito belo.

Enviado por Tópico
Carla Costeira
Publicado: 10/06/2007 16:19  Atualizado: 10/06/2007 16:19
Colaborador
Usuário desde: 16/02/2007
Localidade: Sintra
Mensagens: 918
 Re: Amaldiçoada
Lindíssimo soneto, tristinho mas belo!
Bjs

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 10/06/2007 16:57  Atualizado: 10/06/2007 16:57
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Amaldiçoada
O poema está belo, sem dúvida, mas espero que seja apenas um poema...
Pois a tua alma, não poderá padecer deste mal... seria cruel demais!

Beijo

Enviado por Tópico
juvepp
Publicado: 10/06/2007 22:00  Atualizado: 10/06/2007 22:00
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade: Machico - Madeira
Mensagens: 547
 Re: Amaldiçoada
Olá Vera, Um soneto carregado da dor de amar
Serás amada nunca almaldiçoada. Não precisarás do dia da tua morte para que tenhas um dia de sorte. Fica bem Beijinhos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/06/2007 00:18  Atualizado: 11/06/2007 00:18
 Re: Amaldiçoada p Vera Silva
Neste seu belo e notável soneto observa-se através da descrença do eu-lírico algo que marcasse de forma profunda. Na tristeza pode-se revelar muitas coisas e aqui revela um ótimo texto. Mais uma obra em qualidade a vir da capacidade poética de Vera Silva. Muito bom, os meus parabéns e saudações, godi.

Enviado por Tópico
JB
Publicado: 12/06/2007 18:49  Atualizado: 12/06/2007 18:49
Membro de honra
Usuário desde: 05/09/2006
Localidade:
Mensagens: 531
 Re: Amaldiçoada
Não gosto deste poema, está muito triste...
bjinhos
JB

Enviado por Tópico
Adriano Saraiva
Publicado: 21/06/2007 21:29  Atualizado: 21/06/2007 21:29
Da casa!
Usuário desde: 17/05/2007
Localidade: Brasil
Mensagens: 204
 Re: Amaldiçoada
Esparramas um talento enorme por este texto. A dor dessa "maldição" transpassa distâncias e chega aqui do outro lado, no sul do Brasil. Um navalhaço na alma de profundo sentimento estilhaçado... muito bom mesmo!!!