https://www.poetris.com/
 
Duetos : 

O Astro

 
Passaram alguns anos desde a última vez que nos vimos e as saudades teimam em não me deixar.
Fomos amigos, confidentes, quase amantes. Amava-te sem que o soubesse. Sem que tu soubesses.
Recordo agora que estavas presente em todos os momentos, desde que me levantava, quantas vezes ao pé de ti, até que nos voltávamos a deitar.
Confiava tanto em ti como em mim e era recíproco. Nenhum de nós seria capaz de prejudicar o outro. Nenhum de nós ousaria sequer magoar o outro, fosse como fosse, e eu acreditava piamente nisso.
Recordo, com amargura, tristeza e também alguma raiva, a noite em que este meu mundo se começou a desmoronar, em que o meu astro começou a perder a sua luz e o seu brilho intenso. Nessa noite pediste-me que acreditasse em ti, já que mais ninguém o tinha feito. E eu, cega, confiei, acreditei, sem duvidar sequer por um segundo da tua palavra. Bastava-me a tua voz, o teu olhar, que tanta segurança me davam.
Todos me avisaram que não era assim, que me estavas a enganar. Mas foi em ti que acreditei, porque eras tu o meu sol, a razão do meu sorriso.
Quando te confrontaram com a verdade, quando te fizeram confessar o que se estava a passar, eu estava lá. E a minha vontade foi desaparecer, morrer.
Não podia ser verdade! Não podia! Tu nunca me enganarias, jamais me mentirias... Só que tu confirmaste o que eu não queria ouvir, confessaste a verdade nua e crua que me dilacerou a alma.
Tu, que sempre me tinhas olhado nos olhos, não foste capaz de o fazer. Baixaste a cabeça e pediste-me desculpa...
Será que fazias alguma ideia do que me estavas a fazer? Será que fazes alguma ideia como, passados estes anos, ainda me sinto? Será que tinhas consciência de que me estavas a tatuar, naquele momento, a alma com um sofrimento irreparável?
Nesse dia perdi o amigo, o confidente, o companheiro… e perdi parte de mim… que nunca mais recuperei…

Dueto com Pedra Filosofal
- a grande Stone
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
1025
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
7
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Pedra Filosofal
Publicado: 04/03/2008 17:57  Atualizado: 04/03/2008 17:57
Colaborador
Usuário desde: 17/09/2007
Localidade: Barreiro
Mensagens: 1279
 Re: O Astro
Adorei ter feito este dueto contigo. Acima de tudo pela forma como nasceu a ideia, pela maneira como o fomos construindo... sem o teu talento não ficaria tão lindo!!!!

Beijos
e... já te disse hoje que gosto muito de ti?

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 04/03/2008 18:09  Atualizado: 04/03/2008 18:09
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2747
 Re: O Astro p/ Vera Filosofal
A incandescência do amor cega, depende dos amantes erguer-se e viver.

Um berijo a ambas

Enviado por Tópico
Zélia Nicolodi
Publicado: 04/03/2008 18:15  Atualizado: 04/03/2008 18:15
Colaborador
Usuário desde: 18/01/2008
Localidade: Curitiba - PR.
Mensagens: 983
 Re: O Astro
...ah! Realmente é muito dificil!
Quando confiamos plenamente em alguém e esse alguém
nos decepciona, é como se o mundo se tornasse um imenso deserto...
Por isso, devemos cuidar sempre, com a expectativa que colocamos nas pessoas...
Beijos de carinho, querida Vera!

Enviado por Tópico
Paulo Afonso Ramos
Publicado: 04/03/2008 19:10  Atualizado: 04/03/2008 19:10
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2094
 Re: O Astro
Confesso que o início prendeu-me desde o primeiro segundo e o tempo alargou-se até ao momento de terminar a leitura e de tão “preso” estar desejei mais e muito mais. Desejei saber qual o erro cometido. Desejei saber o porquê de o ter cometido e ainda quis avaliar o perfil de quem abandona assim a sua sorte…
Dito isto, justifico que só um texto tão bem escrito consegue levar-nos a outros campos e em outras dimensões.
Parabéns a ambas pela grande qualidade demonstrada
Beijos

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 04/03/2008 21:10  Atualizado: 04/03/2008 21:10
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14964
 Re: O Astro p/ Vera Silva
Queridas poetisas

É muito difícil tirar o que na alma
foi tatuado principalmente quando
assim nos foi atraiçoado pelo lindo
olhar límpido nada deixando transparecer
mas é assim mesmo que acontece quando menos
esperamos lá está um baque na nossa vida
Muito bom mesmo....
Parabéns a ambas

beijinhos em vossos corações

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 04/03/2008 23:56  Atualizado: 04/03/2008 23:56
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: O Astro
Eu queria encontrar aqui uma figurinha redodinha que pudesse elucidar minha expressão ao menos um pouco. Não culpo o acervo do site, a culpa é do meu rosto enigmático.

Tudo bem, eu digo: se não falar na carapuça, amei! e mais...

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/03/2008 13:57  Atualizado: 05/03/2008 13:57
 Re: O Astro
Felicitações as autoras!
Impossível todo e cada leitor não encontrar dentro de si uma das perguntas e sensações que tão bem vocês colocam nesse primoroso texto.

Bjins meus, Betha.