https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Monólogo

 
Tags:  passado    presente    falar    sozinha    tormento    êstases  
 
Monólogo

Fizeram-me perguntas a meu respeito
Senti o coração bater!
Um dia fui jovem, bela,hoje sem jeito.
Fui manhã suave, hoje anoitecer.
Nem lhes disse o meu nome, calei!?
Interiormente petreficada!
Num pensamento impreciso, por mim dei
A pensar: como a idade me põe atormentada.

E numa recordação um pouco mágica, doce
Voltei ao início, do responder
Falei de mim, dos êxtases, tudo o que fosse,
lembranças, aventuras amores, querer.

Desbobinei as recordações, fiquei saciada
E sem repugância
Falei saudosa da infância amada.
Suspendi no momento a idade
Preenchi o vazio com a saudade
Retomei a aventura de viver
Quando a meu respeito alguém perguntar
Direi: sou feliz,é bom de ver!

rosafogo


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
587
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 05/08/2009 13:31  Atualizado: 05/08/2009 13:31
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Monólogo
Todas as idades possuem o seu encanto e é fundamental saber desfrutar de todas elas. Um abraçooo de Boas Vindas! Abílio