https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

Quimera

 
Quando a noite vem
E escurece os meus olhos
Recolho-me num silêncio sepulcral
Envolta em quimeras
Vagueando entre promessas esquecidas
E emoções sentidas.
O salteador negro renasce das cinzas
Sussurrando ao meu ouvido
Com palavras cristalinas

Vem…vem ao meu encontro

Varrida por um vento inclemente
Encerro todo o meu fascínio
Por um universo misterioso…a vida.


Partilhar... um entrelaçar de almas.

 
Autor
Isa
Autor
 
Texto
Data
Leituras
721
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/08/2006 23:06  Atualizado: 05/08/2006 23:06
 Re: Quimera
Essa quimera que te entregas, embala os meus ouvidos e deixa-me alucinada...
Belo