https://www.poetris.com/
Eça de Queirós : A Única Crítica é a Gargalhada
em 22/04/2013 22:43:14 (2658 leituras)
Eça de Queirós

A única crítica é a gargalhada! Nós bem o sabemos: a gargalhada nem é um raciocínio, nem um sentimento; não cria nada, destrói tudo, não responde por coisa alguma. E no entanto é o único comentário do mundo político em Portugal. Um Governo decreta? gargalhada. Reprime? gargalhada. Cai? gargalhada. E sempre esta política, liberal ou opressiva, terá em redor dela, sobre ela, envolvendo-a como a palpitação de asas de uma ave monstruosa, sempre, perpetuamente, vibrante, e cruel – a gargalhada! Política querida, sê o que quiseres, toma todas as atitudes, pensa, ensina, discute, oprime – nós riremos. A tua atmosfera é de chalaça.

Eça de Queirós, in 'Uma Campanha Alegre'


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/04/2013 14:04  Atualizado: 23/04/2013 14:04
 Re: A Única Crítica é a Gargalhada
Caraca!isto sim é uma bofetada!

grata pela partilha!
bj
Angela


Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 23/04/2013 17:31  Atualizado: 23/04/2013 17:31
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1837
 Re: A Única Crítica é a Gargalhada
Eu vivo dizendo isso mas ninguém me ouve. Quero ver se não vão ouvir o homi agora.
Muito boa essa, hein?

PAZ!

Links patrocinados

Visite também...