Textos : 

Trecho do Poema O Carteiro e o Poeta - Filme

 
<p align="center"><font face="Verdana"size="3">

O Carteiro e o Poeta (Trecho)


"(...) Mas também queria
pedir uma coisa, Mario,
que só você pode cumprir.
Todos os meus outros amigos
ou não saberiam o que fazer
ou pensariam que sou um
velho caduco e ridículo.
Quero que você vá com
este gravador passeando
pela Isla Negra e grave todos
os sons e ruídos que vá encontrando.
Preciso desesperadamente de algo,
nem que seja o fantasma da minha casa.
A minha saúde não anda
nada bem. Sinto falta do mar.
Sinto falta do mar.
Sinto falta dos pássaros.
mande para mim os sons
da minha casa. Entre no jardim
e faça soar os sinos.
Primeiro grave esse repicar suave dos
sininhos pequenos quando o
vento bate neles, e depois puxe
o cordão do sino maior cinco, seis
vezes. Sinos, meus sinos! Não há
nada que soe tão bem como a palavra
sino se a penduramos num
campanário junto ao mar. E depois
vá até as pedras e grave a
arrebentação das ondas.
E se ouvir
gaivotas, grave.
E se ouvir
o silêncio das estrelas siderais, grave.(...)

Trecho do Poema de Pablo Neruda
do filme O Carteiro e o Poeta


Pablo Neruda
( 12/07/1904 — 23/09/1973)
Autores Clássicos no Luso-Poemas

 
Autor
Pablo Neruda
 
Texto
Data
Leituras
6387
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 18/04/2009 20:48  Atualizado: 18/04/2009 20:48
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Trecho do Poema O Carteiro e o Poeta - Filme
Muito interessante! Quantos já se deram conta dos pequenos nadas que significam tudo?! Só quando perdemos esses nada é que percebemos a armadilha em que caímos. Uma atitude poética grandiosa e que no entanto foge a tantos de nós... Um abraçooo!

Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 18/04/2009 23:48  Atualizado: 18/04/2009 23:48
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3287
 Re: Trecho do Poema O Carteiro e o Poeta - Filme
Pouco valorizamos as coisas simples, mas elas fazem-nos tanta falta quando não as temos...
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...