Poemas, frases e mensagens de edsondossantos

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de edsondossantos

DE VOLTA AO CASULO

 
Sem histórias para contar
E ferido pelas suas próprias palavras
O poeta volta ao casulo e se cala
 
DE VOLTA AO CASULO

O PASSAR DAS ESTAÇÕES

 
Os frutos fétidos
São selecionados pelo vento
As folhas secas voam
Sem rumo e destino

Não há raiz que suporte
A seca da solidão
E nem flores que não murchem
Sob o sol quente do verão

Amiúde se contempla
O passar das estações
Tal qual o presente sem futuro
Que o tolo leva na mão
 
 O PASSAR DAS ESTAÇÕES

E Cada Um, Vale O Que Tem

 
A vida não esconde
A realidade de ninguém
A vida só responde
Que cada um, vale o que tem...

A vida é uma arte
De um episódio traiçoeiro
E da sua melhor parte
Só desfruta quem tem dinheiro

Se você tem pouco
Você vale pouco
Se você tem muito
Você vale muito
E se você não tiver nada
Você também não vale nada
 
E Cada Um, Vale O Que Tem

AQUARELA DE UMA LINDA MULHER

 
Por muito tempo eu vivi noites de lindos sonhos em que a emoção tomava conta de mim numa deslumbrante mensagem de amor sem fim...
E eu por uma janela semiaberta olhava um lindo corpo de mulher que delicadamente se despia como uma rosa logo depois da primavera e se preparava para se vestir de novas cores na mais completa magia.
Meu olhar tal qual um arco-íris se enchia de cores ao olhar aquela linda mulher que brilhava como uma lua cheia iluminada pelo brilho do sol...
Nada era tão lindo... Nada era tão fascinante diante de meus olhos que me faziam enxergar o paraíso na mais pura e real revelação.
Assim foram tantas noites de verão aquecendo nossos sonhos e a nossa ilusão até que chegou o inverno encrespando as nuvens deixando o nosso mundo na mais sórdida solidão.
Depois disso eu nunca mais eu pude ver aquele rosto que me sorria da janela... Como também aquele corpo que se despia feito uma aquarela mostrando seus coloridos sonhos.
 
AQUARELA DE UMA LINDA MULHER

RECLAMAR DE QUÊ?

 
Amigo, é hora de acordar
O trabalho te espera
Você não pode se atrasar
Cumpra a sua tabela

O armário está vazio
Não há comida na panela
La fora faz muito frio
Pense, a vida é bela!

A criança está a chorar
E o leite já se acabou
Você não pode demorar
A tua esposa já avisou

Amigo, é hora de acordar
Está chegando a eleição
Se você deixar de votar
Deixará de ser cidadão

Tuas roupas estão rasgadas
O teu sapato furado está
As contas estão atrasadas
O aluguel vencido está

O teu time entrou em campo
E em todo esse processo
Aos trancos e barrancos
Você comprou o seu ingresso
 
RECLAMAR DE QUÊ?

O POVO E O GOVERNO

 
O povo e o governo
Que grande contradição
O povo vota no governo
O governo com um chicote na mão
Chicoteando o povo
O povo sorrindo na praça
Com uma bandeira na mão

O governo com o seu gado magro
Querendo alimentação
O gado fraco e doente
Que dura situação
De um povo traído nas urnas
No dia da eleição
 
 O POVO E O GOVERNO

OS NÃOS QUE ANTECEDEM AO SIM

 
Se soubermos usar todos os nãos como escudo, tenho toda a certeza de que um único sim poderá mudar a nossa vida.
 
 OS NÃOS QUE ANTECEDEM AO SIM

Em direção ao nada

 
Hoje eu olhei o céu azul
Estava coberto de fumaça
Sentei-me na praça
Olhei a multidão passava
E pensei

A vida é tão engraçada
Sempre nos leva em direção ao nada
E por mais que lutamos por ela
Ela também um dia se acaba

Aqui tudo é tão passageiro
A ambição, o poder e o dinheiro
A vida mostrou para mim
Que tudo aqui um dia chega ao fim

A vida é tão engraçada
Sempre nos leva em direção ao nada
E por mais que lutamos por ela
Ela também um dia se acaba
 
Em direção ao nada

Com você eu queria estar

 
Queria te acariciar
Para fazer você dormir
Depois que a gente se amar...

E quando o dia amanhecer
Eu queria te ver acordar
No mais lindo alvorecer...

E durante todo dia
Com você eu queria estar
Envolvido nessa magia
Até a noite chegar...

E mais uma vez eu estaria
Envolvido no teu calor
E assim eu desfrutaria
Das delicias do teu amor...
 
Com você eu queria estar

FOI MUITO DIFÍCIL SOBREVIVER

 
Num dia triste, enegrecido pela fumaça, num movimento estonteante. Um grito soava aos meus ouvidos... Corram todos! Eis que um grande pássaro de aço surge além do horizonte, vomitando homens em seus pára-quedas. Eis que uma grande chuva de fogo vem cobrindo todo azul do céu.

Azul? E quem consegue ver o azul num dia tão esquisito desse, e coberto de fumaça?

Ah! Mas que indelicadeza... Gente correndo sem roupa, despindo-se e morrendo nua... Crianças que choram pela perda de seus pais, mulheres chorando com os seus rostos em terra, chorando pelas suas viuvezes, tão pobres mulheres...

Estive por três dias deitado numa vala juntamente com quatro corpos que haviam morrido naquela emboscada. As minhas narinas não mais suportavam. Mas eu não... Eu tinha que suportar aquele cheiro terrível, sem contar com a fome que dilacerava meu ventre ressecado pela sede que me atormentava.

Eu olhava grandes abutres que repousavam sobre os cadáveres, cujo aroma se fazia peçonha em meu nariz. Ah! Foram dias terríveis. Como eu sofri!

E, quando as minhas esperanças já estavam aos poucos se acabando, surgiu no céu uma grande luz no meio da madrugada. Era um grande pássaro de aço voador.

Uma equipe de resgate acabara de chegar juntando corpos e os jogando amontoados para uma grande carnificina humana.

Eu não tinha forças para me levantar... A fome, a sede e a dor me atormentavam completamente e eu resistindo a tudo aquilo calado.

Foi quando, de repente, eu ouvi um grande grito. Venham, corram até aqui. Há um homem vivo junto a quatro corpos em decomposição. Pegaram-me e me colocaram numa maca; levaram-me até o grande pássaro de aço gigante.

E depois de quarenta dias eu fui levado para minha casa onde eu esperava me encontrar com a minha esposa e meu filhinho de apenas seis meses... Mas eu nem imaginava que eles haviam sido mortos. Uma grande bomba havia sido jogada sobre meu telhado naquele dia, destruindo o resto de minha vida, o que sobrara daquele ataque tão violento.

Hoje eu vivo numa cadeira de rodas, pois eu havia sido atingido por um grosso calibre. Tenho tanta coisa para contar daqueles dias tão tristes e infernais onde muitos amigos serviram de alimento para os abutres e o campo de trigo foi totalmente evaporado numa fumaça que cobriu todo o céu durante muitos dias.
 
FOI MUITO DIFÍCIL SOBREVIVER

Quem Te Avisa Sou Eu

 
Com um pedaço de carne enfiado no garfo
Eu cometi para o povo uma grande gafe
E dei um sorriso amarelo na mesa
Depois dessa gafe fiquei sem defesa

Quem quiser viver bem que se cuide
Carne vermelha faz mal para a saúde
Quem te avisa sou eu

Eu queria representar uma marca de fama
Para apenas ganhar um pouquinho de grana
Mas eu não como carne nem por engano
Pois eu sou um fiel vegetariano

Quem quiser viver bem que se cuide
Carne vermelha faz mal para a saúde
Quem te avisa sou eu

Porque eu gosto muito de você
É que eu vim aqui correndo para te dizer
Que o vegetal é nutritivo pra valer
Quem te avisa sou eu
Quem te avisa sou eu
 
Quem Te Avisa Sou Eu

SAMBA DE RUA

 
Vou compor na madrugada
Um samba olhando a lua
Deitado nesta calçada
Pois sou um morador de rua

Quem sabe alguém que passa
Possa olhar para mim
Contemplando a minha desgraça
E pondo nisso tudo um fim

Quando é dia eu vejo a lua
Quando é noite eu vejo o sol
Para quem mora na rua
Penumbra cobre o arrebol
 
SAMBA DE RUA

ENTRE PALÁCIOS E CATEDRAIS

 
Quem está por baixo
Serve de degrau para quem está por cima
E quem está por cima
Só quer pisar em quem está por baixo

Vivemos no absurdo
Nesse mundo de anormais
Aonde quem tem pouco dá tudo
E quem tem tudo sempre está querendo mais

Iludido sempre está o pobre
Por essa gente sem coração
O pobre alimenta o nobre
E vive em péssima situação

O pobre vive em mazela
O nobre de ostentação
O pobre mora na favela
O nobre numa linda mansão

Os palácios e as catedrais
São os palcos das reuniões
E de estratégias fatais
Para as grandes arrecadações
 
ENTRE PALÁCIOS E CATEDRAIS

As trinta moedas de Judas

 
Fomos traçados em linhas tortas
Entramos e saímos pelas mesmas portas
Somos mais um que nasce e começa a morrer
Estamos sempre sentados na mesma mesa
“Jogando o jogo da velha, o jogo da guerra sem poder vencer”

Estamos de olhos vendados e não podemos ver
Que somos comprados e vendidos pelo mesmo poder
O dinheiro é uma escuridão que brilha em todos os lugares
Nos palanques... Nos cassinos... Nos altares...
 
As trinta moedas de Judas

DINHEIRO FAZ A DIFERENÇA

 
Dinheiro faz a diferença
Em todas as fases da vida
Na saúde, na doença ou na crença
Ainda há gente que duvida

Se a gente tem dinheiro
A gente tem amigo
Se a gente não tem dinheiro
A gente fica esquecido
Aonde rolar dinheiro
Tudo fica resolvido

Se gente vai ao mercado
Comprar um Kilo de feijão
Se a gente vai ao hospital
Tomar uma injeção
O se vamos a igreja
Receber uma oração
Aonde quer que a gente esteja
Tem que ter dinheiro na mão

Quando a gente nasce
A gente precisa de dinheiro
Enquanto a gente viver
Precisa de mais dinheiro
E quando a gente morrer
Aí é que se precisa de muito dinheiro

Precisamos de dinheiro
Para irmos do Norte ao Sul
Precisamos de dinheiro
Para pagar o IPTU
Precisamos de dinheiro
Até pra tomar... Café...
 
DINHEIRO FAZ A DIFERENÇA

TENHO MEDO...

 
Eu tenho medo de começar a ter medo de tudo
 
TENHO MEDO...

PROCURANDO TE ENCONTRAR

 
De olho na estrada
Pensando em você
Eu vou procurando
Te encontrar

Mas no meu caminho
Não vejo nada
Somente a saudade
Veio me consolar
 
PROCURANDO TE ENCONTRAR

Fui me afastando devagar

 
Fui me afastando devagar
E com o passar do tempo
Eu já não quero voltar

E foi com o passar do tempo
Que eu fui esquecendo
Tudo que me fez chorar

E naquele mesmo caminho
Onde havia tanto espinho
Eu não estarei mais a pisar
 
 Fui me afastando devagar

Amor de longe

 
O amor mesmo de longe
Mexe com o coração
Faz sentir saudade
Para ter recordação
E mesmo que de longe
Demonstra afeição
 
Amor de longe

JOGADOR DE FUTEBOL TEM VIDA BOA

 
JOGADOR DE FUTEBOL TEM VIDA BOA

Jogador de futebol tem vida boa
Jogador de futebol tem vida boa

Jogador de futebol
Tem refeição balanceada
O pobre trabalhador
Tem dia que não come nada

Jogador de futebol tem vida boa
Jogador de futebol tem vida boa

Jogador de futebol
Mora num arranha céu
O pobre trabalhador
Gasta o salário com aluguel

Jogador de futebol tem vida boa
Jogador de futebol tem vida boa

Jogador de futebol
Tem piscina com hidromassagem
O pobre trabalhador
É vitima de sacanagem

Jogador de futebol tem vida boa
Jogador de futebol tem vida boa

Jogador de futebol
Tem hospital de cinco estrelas
O pobre trabalhador
Morre esticado numa esteira

Jogador de futebol tem vida boa
Jogador de futebol tem vida boa
 
JOGADOR DE FUTEBOL TEM VIDA BOA