https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

a árvore

 
árvore de ar feita em folhas de vento,
soprando assobios no meu pensamento:

voando sementes,doentes,dementes,
voltando correntes,aparentes,

momentos...

...vãos movimentos
em fluidos cinzentos.
---------------------
nua, então,
da árvore desço
subindo a rua
na qual me despeço:
sou uma linha preta,
sou
simplesmente
uma fina
silhueta.



cruz mendes

 
Autor
Alexis
Autor
 
Texto
Data
Leituras
489
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 26/09/2009 01:06  Atualizado: 26/09/2009 01:06
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6675
 Re: a árvore
Alexis,
Aprecio demais poemas com versos que despertam movimento e leveza como os dessa tua composição.
Sinto a árvore magrela, folhas a dançar ao vento.:)
Delicioso!
Bjins Betha.


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 26/09/2009 01:20  Atualizado: 26/09/2009 01:20
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 12689
 Re: a árvore
Galguei os galhos dessa árvore junto contigo. Vi-te descendo e seguindo pela rua até ficar somente a silhueta. Valeu pela viajem. Na parte do "nua" fechei os olhos, para que não se envergonhasse. Brincadeirinha. Abraços!