https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Dói-me a alma

 
Dói-me a alma
que sangra por dentro
e transborda meu sofrimento
chorando lágrimas de dor.

Dói-me a alma
que por nada se acalma
nos uivos que dá
quando sinto tua falta

Dói-me a alma
nas noites chuvosas
enfadonhas, ruidosas
em que me lembro de ti.

Dói-me a alma
meu coração despede-se
num sofrimento impávido
sem regras nem leis.

Dói-me...
Dói-me meu peito
que em dor ajeita
em luto também
sempre que minha alma
morre de amor por alguém.


Geninha

 
Autor
Geninha
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1069
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Mel de Carvalho
Publicado: 22/06/2007 20:26  Atualizado: 22/06/2007 20:26
Colaborador
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa/Peniche
Mensagens: 1562
 Re: Dói-me a alma
Minha querida, dói ler este poema...
O melhor querida é a logo-terapia. A terapia através da palavra (escrita que seja).

Um abraço
Mel


Enviado por Tópico
Gilberto
Publicado: 22/06/2007 20:37  Atualizado: 22/06/2007 20:37
Colaborador
Usuário desde: 21/04/2007
Localidade: V.Nde GAIA-Porto
Mensagens: 1804
 Re: Dói-me a alma
Que grito de coragem! Que força! Tem este poema.

Senti esta dor de alma, Geninha!

Belíssimo!

Beijinhos