https://www.poetris.com/
 
Textos -> Esperança : 

O meu armário precioso.

 
O meu armário precioso.


Tenho um quarto muito simples, dentro de uma casa modesta, numa cidade igual a tantas outras .

A um canto deste meu quarto está um armário com gavetas, cada gaveta tem a sua própria história e está cheia de magia.
Na primeira está a família, muitos afectos, emoções puras e verdadeiras, é uma gaveta muito estimada e está sempre bem fechada e arrumada.
Na segunda o cheiro da amizade inunda o quarto quando a abro, sabem...a amizade tem um cheiro próprio, feito de entrega, compreensão e estima.
A terceira é a mais difícil...pois há muita dor lá contida , tenho sempre que ter muita coragem e força para a abrir.
Na quarta há muita esperança e sempre que se abre, o quarto simples fica cheio de luz e cor,uma maravilha... gosto mesmo de abrir aquela gaveta.
A quinta e última guardei para os sonhos, é uma gaveta com algum mistério ou não fossem os sonhos desejos contidos...
Convém estarem sempre cuidadas, tentando não misturar o seu conteúdo, sempre que abro uma, tenho depois o cuidado de a fechar, pois não convém deixar abertas, expostas ao pó e a olhares indiscretos.
Ah! já me esquecia...existe ainda outra , para aquelas coisas sem importância nenhuma e que nos fazem perder tanto tempo. Evito-a, mas às vezes ainda dou por mim a abri-la.

Nesta cidade com história, existe uma casa bonita, com um quarto colorido que tem um armário precioso cheio de gavetas forradas a veludo azul... da cor do céu.


Se pudesse falar de mim em poucos minutos...acho que vos olhava profundamente nos olhos...e voava.
Fê-Blue bird.

 
Autor
Hedla
Autor
 
Texto
Data
Leituras
838
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AjAraujo
Publicado: 05/10/2009 22:22  Atualizado: 05/10/2009 22:23
Colaborador
Usuário desde: 20/09/2009
Localidade:
Mensagens: 2163
 Re: O meu armário precioso.
Um poema-manifesto das ligações mais sublimes na analogia com as gavetas do armário.
Parabéns, pela simplicidade no discorrer do texto e pela profundidade das mensagens.
Bj no coração. Quando puderes honres com tua visita a gaveta dos poemas que não são mais só meus, mas teus também.