https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ENIGMÁTICO OLHAR

 
ENIGMÁTICO OLHAR

Todas as vezes que te vejo
Quieta num canto
Sem dizer nada, sem te mexeres
Fico a pensar comigo mesmo.
Que será que passa na tua cabeça?
Quais os teus desejos?
As tuas vontades?
Os teus olhos tanto me procuram
E ao mesmo tempo, se escondem
Deixando uma névoa entre teus pensamentos.
E eu! Por mais que tente entrar nesse teu mundo
Não consigo decifra-lo
Encontro sempre, o teu sorriso enigmático.
Por isso, não sei se me admiras
Se me analisas
Se me adoras
Se me observas
Como se eu fosse simplesmente…uma estrela
Não consegui decifrar
O que os teus olhos tanto insistem em me dizer.
Quem sabe!
Assim que conseguir decifrar o teu olhar
Terei a certeza de que nada mais me resta
A não ser, viver contigo
Os melhores momentos da minha vida

Gil Moura


As palavras saem de dentro de nós, e se dispersam indefinidamente, no tempo e no espaço...

Gil Moura Pseudónimo de Mário Margaride

 
Autor
Moura365
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2967
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/12/2009 12:09  Atualizado: 08/12/2009 12:09
 Re: ENIGMÁTICO OLHAR
Meu amigo, Realmente
um olhar fala muito mais que qualquer
palavra, como gostei!

beijinho.