https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A Quem Comer de Mim

 
hoje quem comer de mim está condenado
há algo neste dia que o torna perfeito
precioso e triste.
tenho um desejo ardente de andar por aí a semear incêndios
tenho sempre um isqueiro à mão
gosto tanto de atiçar fogos
gosto ainda mais de ver corpos
ficarem carbonizados por dentro
moles por fora
mostrando as suas cores.

Hoje o meu corpo está catalogado por cores
numa gradação,
ora negro ora escarlate,
em atitudes, curvas de nível e dobras quentes,
graus e em paralelos de a-lugar
cada um com um preço
que me sustenta agora
com armaduras de ferro
que já foram mais leves que o transparente hélio
mais doce que o algodão doce que se vende nas feiras.

hoje quem comer de mim está condenado
ofereço aos atormentados um inferno,
o mosaico das minhas feridas
todas obliquas, silenciosas e resistentes.

não quero que me curem
quero que parem de fingir
que não sabem delas
que comam e que façam um bom proveito.


" An ye harm none, do what ye will "

 
Autor
HorrorisCausa
 
Texto
Data
Leituras
601
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
40 pontos
24
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 05/01/2010 21:29  Atualizado: 05/01/2010 21:29
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3330
 Re: A Quem Comer de Mim
olá HC,

se te curares as feridas deixam de ser autenticas por isso, engulo-te assim.

beijo


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 05/01/2010 21:33  Atualizado: 05/01/2010 21:33
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 12609
 Re: A Quem Comer de Mim
Hum! Deu para sentir daqui o teu tempero. Com um bom vinho será uma ótima degustação! Belo poema! Tua cara! Beijinhos!


Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 05/01/2010 21:44  Atualizado: 05/01/2010 21:44
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: A Quem Comer de Mim
para prevenir, coloquei à mão o extintor de espuma...

não resisti a provar, espero que não cause indigestão... eheheh

já há muito que estou condenado!

beijo


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 05/01/2010 22:02  Atualizado: 05/01/2010 22:02
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: A Quem Comer de Mim
"hoje quem comer de mim está condenado
ofereço aos atormentados um inferno,
o mosaico das minhas feridas
todas obliquas, silenciosas e resistentes."

Que assim seja, menina, mas escreve...
escreve sempre, porque eu adoro ler-te!
Beijo
Vóny Ferreira






Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 05/01/2010 23:17  Atualizado: 05/01/2010 23:17
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: A Quem Comer de Mim para HC
há um diabinho por dentro de ti? ou uma piromaníaca?...seja lá como for.o poema ficou quente,forte e fascinante como o fogo...
beijo!

alex


Enviado por Tópico
Ajota
Publicado: 06/01/2010 09:00  Atualizado: 06/01/2010 09:00
Da casa!
Usuário desde: 07/05/2007
Localidade: Caldas da Rainha
Mensagens: 254
 Re: A Quem Comer de Mim
Feridas... sim.
Inferno... a consequência.
Isqueiro... inevitável.
Cura... desconhecida.


Beijo * atiçado


Enviado por Tópico
Nitoviana
Publicado: 06/01/2010 17:05  Atualizado: 06/01/2010 17:05
Colaborador
Usuário desde: 10/04/2009
Localidade:
Mensagens: 648
 Re: A Quem Comer de Mim
A desilusão acompanha este escrito que não é entrega é só uso sem os risos de outrora pela dor dos gestos vazios!
Um beijo M João


Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 06/01/2010 18:47  Atualizado: 06/01/2010 18:56
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: A Quem Comer de Mim
aqui está uma refeição apetecível, com um bom tinto a acompanhar, que até pode ser do Douro, ou d'oiro mesmo que negro como o humor deste poema.

DM


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 10/01/2010 17:30  Atualizado: 10/01/2010 17:30
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11102
 Re: A Quem Comer de Mim
Maria João,
E logo eu que estou sem apetite por causa da danada da gripe.
Bom poema!
Beijo
Nanda


Enviado por Tópico
ÔNIX
Publicado: 12/01/2010 13:05  Atualizado: 12/01/2010 13:05
Colaborador
Usuário desde: 08/09/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2681
 Re: A Quem Comer de Mim
Uma mostra bem caracterizada, não pode enganar ninguém.
Bebemos todos da mesma fonte e comemos do mesmo pão...e saber de ti numa mostra assim é saber de mim também


Como sempre fantástica

Um beijo


Matilde D'Ônix