https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

A dor do adeus

 
A dor do adeus

Os dias começam a passar por mim e a dor da solidão
faz com que eu caia na verdadeira realidade,
penso que tudo não passou de um sonho ou pesadelo;
sinto-me frágil, a dor apodera-se do meu coração
chamo por ti, mas tu já não estás, partiste para sempre;
agora fico neste mundo procurando… procurando…
procurando por ti nas lembranças, nas recordações, mas…,
mas não encontro nada como consolo para a minha dor.
Quero gritar ao mundo esta dor, este sofrimento, mas…
mas…
Só as lágrimas que deslizam pelo rosto acalmam esta dor;
procuro-te por entre mensagens, fotos e recordações
mas nada consegue consolar o meu desalento,
a dor sufoca-me com a tua ausência, com a tua partida,
quero acordar, poder sentir-te e ver-te novamente,
mas sei meu príncipe que nada disto se tornará real
o real será tudo o que vivemos e ficou nos nossos corações.

Descansa em paz meu PRÍNCIPE


Todos os meus textos estão registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais (IGAC)

 
Autor
DeboraAndrade
 
Texto
Data
Leituras
4430
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 05/01/2010 22:55  Atualizado: 05/01/2010 22:55
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: A dor do adeus
Este adeus é aquele para o qual o coração não está preparado e aqui expressas bem essa dor.

Beijos