Poemas -> Sombrios : 

Cansei de não fazer nada

 
CANSEI DE NÂO FAZER NADA

Caem gotas de chuva na vidraça
Pouca coisa quase nada.
Hoje até a alegria é escassa
O tempo voa é arma apontada.
É tempo de despedida
Surgem avisos, tudo se manifesta
Acaba a noite e a Vida?
Quem a julgar que leva vencida
É pouco o tempo que lhe resta.

Encosto-me aqui à parede
Olho a rua vizinha
Na poesia vou matando a sede
Da saudade que é tão minha.
Os meus sonhos estão indefesos
Mas as palavras nos lábios nascendo
Os meus olhos estão acesos
Monótonos momentos vivendo.
Chega o frio à minha vida
Cansei de não fazer nada
Tempo de despedida
Desta quietude cansada.

E logo a saudade bate fortemente
Bate na memória trazendo tudo
E neste silêncio mudo!?
Imerge em mim o desejo que me falta
Porque o esquecimento me assalta
Deixo o sofrimento ausente.
Nesta noite fria, anda sonâmbulo o vento
Amanhã é outro dia, outro será meu pensamento.
Abre-se o Céu com seu choro
Chora na minha vidraça
Já à noite o sono imploro
Já esqueço a rua e quem passa.

rosafogo





Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3010
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
20
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 24/02/2010 22:37  Atualizado: 24/02/2010 22:37
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7090
 Re: Cansei de não fazer nada
Cada dia é um novo dia, com as saudades que nos chega, com um sorriso para alguém que se ama e assim a vida vai rodando e a Rosa escrevendo bela poesia.

bjs poetisa

A. da fonseca


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/02/2010 22:37  Atualizado: 24/02/2010 22:37
 Re: Cansei de não fazer nada
Cada dia que passa a tua escrita vai ficando mais lapidada. Este poema é disso exemplo. Muito bem escrito, numa mensagem muito bem passada.

Um grande prazer esta leitura.


Levo para mim

Beijo azul


Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 24/02/2010 23:01  Atualizado: 24/02/2010 23:01
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Cansei de não fazer nada
Uma bela poesia que lemos com prazer.
Uma salva de palmas....

beijo,
Varenka


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 24/02/2010 23:18  Atualizado: 24/02/2010 23:18
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 11442
 Re: Cansei de não fazer nada
Fico quietinho num canto apenas observando, atento a cada movimento, a cada pensamento do eu- lírico; as angústias, a vida que passa como um personagem passa numa rua silenciosa, escura. Um olho no futuro implacável e outro no passado querido, já ido e nunca esquecido. A vidraça é a fronteira tênue, diáfana, translúcida que divide dois mundos, dois tempos em apenas uma pessoa. Gosto de textos que me levam ao delírio e me fazem dissertar. Por isso longo o comentário. Perdão e beijinhos infinitos que cheguem até a ti!


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 24/02/2010 23:22  Atualizado: 24/02/2010 23:22
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Cansei de não fazer nada
La vens trazendo fragmentos de ti,
em versos que se aclaram nas palavras.
Um beijo, Rosa.
Escrever é sempre um acto de libertação.
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 24/02/2010 23:31  Atualizado: 24/02/2010 23:31
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: Cansei de não fazer nada
Não me canso nem cansarei de te ler, amiga.
Está magnificamente bem escrito. Lindo.
Divaguei nas tuas angustias e saudades.
Beijinhos
Antonieta


Enviado por Tópico
Moura365
Publicado: 25/02/2010 00:00  Atualizado: 25/02/2010 00:00
Colaborador
Usuário desde: 23/10/2009
Localidade: Rio tinto-Porto
Mensagens: 2284
 Re: Cansei de não fazer nada
Muitas vezes o cansaço e a monotonia tomam conta de nós. É a rotina da vida. Todavia, há sempre um amanhecer em cada aurora, e um novo horizonte nos espera.

Como sempre, adoro ler-te!

Beijinho amiga rosa.

Gil


Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 25/02/2010 00:50  Atualizado: 25/02/2010 00:50
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3325
 Re: Cansei de não fazer nada
e eu rosa nunca me canso de te ler, fantástico.

beijo


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 25/02/2010 01:14  Atualizado: 25/02/2010 01:14
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17656
 Re: Cansei de não fazer nada
O momento é um só, eu sei que amanhã passa, mas sózinhaas à cismar são os melhores e mulheres inquietaas se entendem, rs! Será que trocamos de poema pois tenho a sensação que escrevi esse e voce o meu...sei lá! vou deixar pra noite resolver isso.
beijo minha querida amiga.


Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 25/02/2010 15:39  Atualizado: 25/02/2010 15:39
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: Cansei de não fazer nada
Bela reflexão sobre o entardecer da vida,fica uma flor e que o seu perfume te acaricie a alma, beijinhosOpen in new window