https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

AMANTE DAS SÍLABAS

 
Eu beijo a beleza do que escrevo
Não do que digo
Eu invejo minhas próprias letras
E me revitalizo

Quando uma sílaba me foge corro atrás
Não posso ficar com nenhum ar perdido
Aí eu me sinto
Um pouco aturdido

Ao alcançá-la
Beijo a danadinha e a chamo de amada
Ela sorri toda encantada

Confesso-lhe meu amor e sem ela
Minha insignificância
Nem me importo com redundâncias.

Marília L. Paixão


Marília L. Paixão

 
Autor
Marília L. Paixão
 
Texto
Data
Leituras
717
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Paloma Stella
Publicado: 23/07/2007 14:07  Atualizado: 23/07/2007 14:07
Colaborador
Usuário desde: 23/07/2006
Localidade: Barueri - SP
Mensagens: 3514
 Re: AMANTE DAS SÍLABAS
Belo Poema,

Demostrou coisas muito boas aqui.

Beijinhos