https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Esquecer é preciso

 
Esquecer é preciso

Breve é o momento da despedida
Duradouro foi o tempo de convivência
Incrível como tudo passou tão rápido
Hoje aqui na varanda observo o céu
Uma estrela cadente se move de repente
Tão logo desaparece no infinito
Assim foi nosso casamento
Uma explosão de beleza
Para de repente mergulhar no nada
Balanço a cabeça tentando afastar o momento
Perseguido pelas lembranças volto ao lugar
Nos escombros perdidos na mente
Encontro imagens do ontem cheias de brilho
Sorrisos afagos carinhos encantos mil
A felicidade escancarada brincava de eternidade
Não dá pra segurar, lágrimas molham a saudade.
A realidade apressada bate na porta do coração
Deixo-a entrar, sem cerimônia abraça-me
Caminhamos juntos, porém, jamais aquele luar...


Jamaveira®


Jamaveira - O medo escraviza a Alma

 
Autor
jamaveira
Autor
 
Texto
Data
Leituras
823
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/04/2010 03:24  Atualizado: 14/04/2010 03:24
 Re: Esquecer é preciso
Jam,um poema triste e saudoso,que está recheado de melancolia e saudade...
è assim a nossa vida,quando aprte o ser amado seja em vida ou morte a dor sempre nos maltratas...

Mas um novo dia nascerá com uma nova esperança e enfeitará o luar quando outro amor encontrar...

Parabens,lindo,amei!

Bjs ternos!

Rosa

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/04/2010 04:31  Atualizado: 14/04/2010 04:31
 Re: Esquecer é preciso
Depois de algum tempo a lua perde o brilho, e para que a luz nos alcançe as vezes temos que olhar por outro ângulo, Se não tem mais luar, que haja então novos caminhos... bjus poeta.

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 14/04/2010 16:41  Atualizado: 14/04/2010 16:41
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Esquecer é preciso
Triste onde se tem a vontade se superar o sofrimento a que a ausência nos obriga, daí a saudade que é boa mas que ao mesmo tempo bate forte no coração.
Muito belo embora, triste.
Adorei ler.

abraço amigo
da rosa