https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

NA VARANDA

 
Tags:  mistério    VIDA-  
 
Não tememos o que conhecemos, tememos o que conhecemos como terrível.

Open in new window

Sentados na varanda

Ouvimos sons na estrada risonhos

Indefinidos no passar da noite.

Na manhã seguinte de nada sabíamos

Talvez fosse alguém

A visitar a família

Indo pra casa

Um jovem a visitar a namorada

Todos passavam no caminho

Olhavam a varanda dos Abelardo

E nós olhávamos o invisível

Permanecia o mistério.


A velha casa foi tragada pelas chamas

E noutra estrada nos posicionamos

Nela ouvimos barulhos claros e audíveis

Sabemos exatamente o que é...



Outros caminhos se abrirão

E permanecerão a passar pelo caminho

Em sons claros e audíveis,

Sabemos o que passou.


Tudo é igual e sempre será...

Uma coisa, no entanto, não.

Não existe mais

Aquele antigo

Mistério.
28/02/2000

 
Autor
Edtrigo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
607
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.