https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

AZINHAGA DA SAUDADE - Fado

 
AZINHAGA DA SAUDADE

Fado: pode ser ouvido em:
www.ecosdapoesia.com

Terna azinhaga velhinha
Mundo humilde mas rainha
Dos meus tempos de infância
Era estreitinha e dos lados
Os mais campestres silvados
Davam-lhe cor e fragrância.

O tempo tudo levou
E só memórias deixou
A marcar afinidade
Hoje dela nada existe
Minha alma amarga e triste
Chora-a com muita saudade.

Quando recordo a azinhaga
Meu ser todo se embriaga
Ao tanger tal lembrança
Num leve e doce sonhar
É quase como voltar
Aos meus tempos de criança !...

O fulgor que ficou dela
Visto da minha janela
É hoje simples imagem
Como um pedaço de vida
Em relíquia convertida
Do tempo apenas miragem !…

Euclides Cavaco

 
Autor
EUCLIDES CAVACO
 
Texto
Data
Leituras
1110
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/07/2007 22:53  Atualizado: 26/07/2007 22:53
 Re: AZINHAGA DA SAUDADE - Fado
Versos com musicalidade mesmo! Saudoso, muito gosto de ler. Muito lindo, parabéns, creio que muitos devem ter saudades de alguma azinhaga (estrada) em que se passou. Eu tenho também.
Saudações e meus parabéns, Godi.

Enviado por Tópico
PedroLopes
Publicado: 26/07/2007 23:16  Atualizado: 26/07/2007 23:16
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2006
Localidade: Montargil-Ponte de Sor
Mensagens: 703
 Re: AZINHAGA DA SAUDADE - Fado
Um azinhaga velhinha que deixou saudades com um poetar intenso... muito belo e ritmado...

Abraço