https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

ABOMINÁVEL EXISTÊNCIA - Declamado

 
ABOMINÁVEL EXISTÊNCIA

Ouça aqui o poema declamado:

http://www.euclidescavaco.com/Recitas ... avel_Existencia/index.htm


Ó morte iníqua nada há que te resista
Quanto mistério há no teu vazio profundo
Perante ti se rende o rei e o cientista
E os poderosos deixam seu poder no mundo!

Funéria morte nunca avisas a chegada
E furtas sem perdão vidas à vida...
Véu de negrume desfazes sonhos em nada
Com insolência e perfídia desmedida!...

Lesta arrebatas sem idades escolher
Tua amargura nada há que a conforte
Nas curtas vidas que tu mal deixas viver.

Todo o que nasce já traz consigo tal sorte...
E nunca mesmo a alegria de nascer
É compensada com a tristeza da morte !...

Euclides Cavaco

 
Autor
EUCLIDES CAVACO
 
Texto
Data
Leituras
1226
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 01/09/2007 03:43  Atualizado: 01/09/2007 03:43
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14977
 Re: ABOMINÁVEL EXISTÊNCIA - Declamado p/ EUCLIDES CAVACO
Querido poeta

Tristemente belo...
Adorei

beijinhos no coração