https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Sem amor

 
E de novo os enredos dos amores
Fazem vibrar de emoção os encantos
E de novo no jardim colhes flores
Para oferecer aos teus devotos santos.


E de novo choras, por desamores
Gemendo a soluçar nos teus prantos
E de novo os teus olhos oradores
Cobrem-se então com novos mantos.


E de novo foges do amor, como de mim
Colhes de novo, mais flores no jardim
E de novo sai um grito de quem te chama.


E de novo não procuras a quem te ama
Levas de novo, outra para a tua cama
E de novo começas, para acabares assim.

 
Autor
mariagomes
 
Texto
Data
Leituras
572
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
11
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/05/2010 15:38  Atualizado: 18/05/2010 15:38
 Re: Sem amor
Ola Maria

Não sou muito fã dos sonetos. Para mim a rima branca ou livre deixa-me mais liberdade, sem ter os cuidados que um soneto exige. Contudo, este teu foi dos mais belos que já li. A mensagem que pretendeste passar está presente e viva.

maravilhoso, por isso vou favoritar.

beijo azul
Open in new window

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 18/05/2010 18:01  Atualizado: 18/05/2010 18:01
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Sem amor
Querida Amiga
Poetisa Mariagomes!

E de novo mais um belo soneto.
Não a perco mais de vista, passarei sempre por aqui.
Parabéns!
Bjinhos
♫Carol

Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 18/05/2010 18:44  Atualizado: 18/05/2010 18:44
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: Sem amor
Amiga Mariagomes - Li seu soneto revelando a sequência dos amores perdidos...
Abração
JBMendes

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/05/2010 18:52  Atualizado: 18/05/2010 18:52
 Re: Sem amor
...háos desamores ,que são tão dolorosamente sentidos,masque sempre rendem belos textos como este soneto.abraços

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/05/2010 19:18  Atualizado: 18/05/2010 19:18
 Re: Sem amor
Tem um ditado aqui no /Brasil, que diz assim, tem pai que é cego.rsrs

As vzs eles tem o verdadeiro amor bem pertinho e ficam procurando aventuras.

Gostei do soneto.

Obrigada pela partilha.

Beijo
Rosangela

Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 18/05/2010 19:40  Atualizado: 18/05/2010 19:40
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Sem amor p/mariagomes
De entre todos, este soneto tocou-me bem no mais profundo. Este levo-o.

bj
Eduarda

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 18/05/2010 20:32  Atualizado: 18/05/2010 20:32
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Sem amor
Sempre vou ler teus sonetos,gosto muito...

Beijos!

Varenka

Enviado por Tópico
Runa
Publicado: 18/05/2010 20:46  Atualizado: 18/05/2010 20:46
Colaborador
Usuário desde: 24/04/2010
Localidade: Santo Antonio Cavaleiros
Mensagens: 1177
 Re: Sem amor
Sem amor, ainda podemos passar... Agora, sem os teus sonetos é que não... Excelente.

Beijos

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 18/05/2010 21:27  Atualizado: 18/05/2010 21:27
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Sem amor
E de novo me tens aqui para te dizer que adoro sonetos, pena tenho de nem sempre me saírem belos,
mas tu acertas sempre, porque sempre são bonitos.

Maria há um sonetista no recanto das letras que
te hei-de dar o nome, sempre que te leio me lembro dele também que é excepcional, sabes que
se nota quem os faz e lhe saem e quem procura
dar-lhe sómente o jeito, aí eu digo que se é mesmo
sonetista.

beijinho amiga
da rosa

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/05/2010 21:46  Atualizado: 18/05/2010 21:46
 Re: Sem amor
Ah minha amiga Maria!
Amo o que tu escreve s principalmente por ser sonetos...são belos e tocantes!

Parabéns por compartilhar!

Beijinhos ternos...

Rosa

Enviado por Tópico
CLEIDEYAMAMOTO
Publicado: 19/05/2010 02:53  Atualizado: 19/05/2010 02:53
Da casa!
Usuário desde: 27/03/2010
Localidade: Pindamonhangaba-SP-Brasil
Mensagens: 226
 Re: Sem amor
Assim... Indo por caminhos sem volta, sem amor, um labirinto sem fim...

E de novo, é um prazer te ler, Maria.

Beijo de carinho,
Cleide