Poemas -> Desilusão : 

TECENDO SONHOS

 


Era leve, macia
Completa
A minha esperança
Que tecendo sonhos
Levava as mãos
Cheias de rosas.

Na vertigem da aventura
Fui eu co'as minhas virtudes
E defeitos
Fiz da entrega o destino
Enquanto a luz como areia
por entre os dedos se esvaía.

 
Autor
AMICI
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2833
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.