https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Anoitecer

 
Anoitecer


O passado é um labirinto de recordações...abismo do meu olhar magoado...vagando na sombra da memória, num frio de solidão...vazio intenso na noite...eco de longas horas...escuridão sem fim...grito de alegrias mortas, muro negro de palavras por dizer...numa eternidade de deserto...na solidão do meu olhar...numa melancolia de passado sem futuro...longa resignação a rasgar-me o corpo e a alma...noite longa de lamento...espectro da minha renúncia...ecoando na memória...recordações de instantes adormecidos...de palavras que esperei...num suplício de amargura...despojos da minha dor...num grito vão...na distancia do passado...num deserto de memória esquecida...num frio olhar...grito da minha mágoa...clamando a dor que sufoca, nas noites sem fim...mergulhada nas cinzas das lembranças...no meu sorriso parado...suspenso no tempo...no meu rosto de amargura...tristeza do meu anoitecer.

Sou o silêncio...na distância de ti
Sou a lembrança...de promessas adiadas
Sou a dor escondida...perdida de mim
Sou a noite...escurecendo as madrugadas

As minhas lágrimas...são as palavras caladas
São os sorrisos...que morreram no meu peito
São o grito...a dor...das vazias madrugadas
São o vazio...na solidão onde me deito

Na sombra de mim...passaste na minha vida
Deixas-te o crepúsculo...no meu entardecer
Uma melodia de silêncio...no meu corpo perdida
Nos meus lábios...o sabor dum beijo por nascer

 
Autor
RosaSolidão
 
Texto
Data
Leituras
931
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 10/06/2010 21:48  Atualizado: 10/06/2010 21:48
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Anoitecer
Desejo muito que te venham ler, pois eu fiquei encantada, excelente a tua escrita, foi muito bom
ter vindo pois ainda não tinha lido nada teu, mas valeu, foi um bom momento de leitura.
É de muito valor o teu poema.

beijinho
da rosa

levo é meu favorito