Poemas : 

Deus tem teu nome Lua

 
Abraço, não na tentativa do carinho
mas na tentativa de acelerar até parar
estagnar, matar, foder, rola, rolar
até esfolar, sabe? falar de boca cheia
e xingar, brincar de ser Deus e chorar
tudo só para não ter que acelerar até
ver você escapar, como um rato, entre
minhas patas de leão, e patos, marrecos
merracas, fuzarcas, macas, pratos, os panos
os planos, os momentos, o casamento,
a aliança, tudo abraçado, para sempre
salvo e entrelaçado, na emoção unica
de estar nos teus braços
 
Autor
pmatiass
Autor
 
Texto
Data
Leituras
907
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.