https://www.poetris.com/
 
Textos : 

Reflexões no vácuo.

 
Vácuo: espaço desprovido de matéria.

Errado! Eu existo no vácuo e toco-o com cada pedaço de mim. Porque o escolhi como lar-doce-lar? O mundo escolheu-o por mim. O ambiente molda-me. Determinismo. Assim o permiti. Livre arbítrio. Perco-me na escrita, as ideias são confusas aqui. Andam à solta e por isso é difícil coloca-las em cadeia. Numa que faça sentido, pelo menos. Vivo aqui e o porquê pouco importa. Vivo. O vácuo é bom para mim, daqui o meu cérebro vê tudo de um bom ângulo e, assim, vivo. Vê-o, vê-a. Conhece a voz dele e a dela. E também ouve, ouve a voz dela, que fala com a voz dele, que responde à voz dela. Grito. Ordeno que se calem todas as vozes, mas não se calam porque a minha não se ouve. O vácuo não a propaga. Determinismo. Que me resta agora, para além de enrolar com o meu corpo o meu cérebro para que não veja nem ouça, tentando escondê-lo no seu centro. Centro? Sim. Dói-me o centro do cérebro, ou não fosse ele o epicentro de um terramoto eminente que o corpo tenta evitar. Por isso também ele dói, o corpo, e eu nem o consigo afagar. Determinismo. Escondo o meu cérebro no centro do meu corpo e tento proteger dele o mundo. Livre arbítrio. Nada mais me resta agora e, por isso, brinco com o destino para que se ouça assim a minha voz. Que lhes chegue a eles antes do terramoto. Do vácuo consigo ver a luz do dia, que reflecte o determinismo da vida. Assim o é enquanto o livre arbítrio deixar.

 
Autor
Nica
Autor
 
Texto
Data
Leituras
980
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/07/2010 00:46  Atualizado: 17/07/2010 00:46
 Re: Reflexões no vácuo.
Maravilha!!.

Como joga as palavras, como da um ritmo intenso no que se vê e faz desse seu vácuo.

Parabéns.


Abraço.


Enviado por Tópico
Caopoeta
Publicado: 15/08/2010 18:08  Atualizado: 15/08/2010 18:08
Colaborador
Usuário desde: 12/07/2007
Localidade:
Mensagens: 2027
 Re: Reflexões no vácuo.
..venho de ler-te desde as coisas mais tristes,
estou a gostar do que de ti li,
é bom ter-te por cá.
espero que continues com o mesmo determinismo de escrita como o mesmo que te doi o corpo.


abraço.