https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Mulher Volante

 
Vai descendo a calçada
Mantém postura de pé
Cabeça alvoraçada
A vida é o que é

Coração em clausura
Aproveita na aragem
Arredada a formosura
Nu em despistagem

Quem vê não estranha
Contorna ao redor
Pensa, sorte patranha
Finge que partilha a dor

O Sol além voltou
Há que seguir adiante
Emplastro descolou
Quedou-se mulher volante

 
Autor
FrancisCorreia
 
Texto
Data
Leituras
367
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.