https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vai até o prédio

 
Tags:  liberdade    existencial  
 
Querendo destruí-lo,
Mas logo percebe
Que sua Onipotência
Somente chega
Ao primeiro andar.
“Por que andar” ?
“Por que falar” ?
“Por que pensar” ?
A paciência continua intacta,
Mas já não confia em ninguém.
É duro o parto de um
Homem.


 
Autor
Edtrigo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
465
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.