https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

quarto escuro

 
Não ouço tua voz, não vejo o teu brilho...
Por mais que eu procure não saio do abismo
Toda a escuridão só tem me perseguido
Levando minha alma cravada com espinhos
E deixando meu peito esmorecido

Meu Deus...
Os pensamentos estão descontrolados
Numa viagem sem fim, paranóia, retrocesso.
Não há mais jardim, só folhas secas caídas sobre min
Já ñ tem mais sentido, indeciso em conflito
Estarrecido, Perturbado, anjo malvado dentro de min.

Meu Deus...
Acorrentado estou, não posso me soltar
Aprisionado pelo passado, lembranças a me atormentar.
Quarto escuro, paredes vazias, teto enevoado, lágrimas sentidas
Lucidez, que um dia se desfez
Insensato, tudo o que já fiz, tudo o que passei
chegou a mina vez

Meu deus...
Eu clamo por ti, mas não quero redenção ñ quero me redimir
Apenas peço que me leve daqui, pra bem longe, não posso mais existir.

 
Autor
Anjo-pertubado
 
Texto
Data
Leituras
917
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 19/09/2019 18:09  Atualizado: 19/09/2019 18:09
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 2040
 Será que quis dizer: perturbado
Será que quis dizer: perturbado