https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

cortinas

 
Ali estava ela, a fechar as cortinas para que não entrasse mais luz que aquela que ela queria que ele visse. O som de um dedo a desviar o cabelo demonstrava nitidamente o que nunca disse, que luz a mais a faziam sentir nua. O olhar subido com o queixo descido era o sinal de se esconder na inocência. No entanto, a sensação de tudo estar à mostra quando nem a si se via direito era o que mais fomentava nele. Porque as casas são por fora a forma como nos sentimos lá dentro.


esconder-me de quem me quer ver, mostrar-me a quem não me vê.

 
Autor
Alter
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1031
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AuroraRosado
Publicado: 02/08/2010 22:00  Atualizado: 02/08/2010 22:00
Colaborador
Usuário desde: 18/03/2010
Localidade:
Mensagens: 623
 Re: cortinas
Muito belo! Por vezes, quanto mais nos queremos esconder, mais nos mostramos - a quem sabe ver. E que bom é poder abrir as janelas de par em par, sem cortinas, para deixar entrar a luz.

Parabéns por mais um lindo texto.

Bj


Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 12/08/2010 14:27  Atualizado: 12/08/2010 14:27
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: cortinas para alter
"porque as casas são por fora a forma como nos sentimos lá dentro."

eu ,que já vivi em tantas, sei bem do significado disto.

abraço,alter,no lusco-fusco dos sentimentos.

alex