https://www.poetris.com/
 
Textos : 

degrau invisível

 
Moras no andar em baixo do meu, aqui tão perto, à distância de um degrau que só se vê cá de cima. Porque para ti estou ao teu lado, e abraçar-te é colorir-te a paisagem de sois a nascer. Mas como eu vejo as coisas, em cima de mim mora a solidão e eu estou tão perto dela. Porque no teu abraço todas as estrelas se poêm e eu fico sozinho com a noite.


esconder-me de quem me quer ver, mostrar-me a quem não me vê.

 
Autor
Alter
Autor
 
Texto
Data
Leituras
589
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alexis
Publicado: 11/08/2010 12:25  Atualizado: 11/08/2010 12:25
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade: guimarães
Mensagens: 7254
 Re: degrau invisível para alter
perspectivas diversas...ambas sentidas.encontros e desencontros da vida.

um abraço pode ser doloroso de dar,mas fugir-lhe é sempre muito pior.

um beijo


Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 11/08/2010 17:17  Atualizado: 11/08/2010 17:17
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: degrau invisível
Tudo muito perto, tudo tão longe... Paradoxo...

Abç

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 14/09/2011 14:34  Atualizado: 14/09/2011 14:34
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8270
 Re: degrau invisível
que escrita bonita.
beijinho