https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

"No fundo do Mar"

 
É com muita alegria e orgulho, que uma vez mais volto aqui a colocar mais um belíssimo poema, do meu querido e admirável filho.
São estas pequenas e poucas palavras, que nos deveriam levar a reflectir sobre todo e todos. Palavras sem maldade, puras e humildes em sintonia com a natureza. Esta nostalgia que se encontra até nos mais pequenos seres humanos.




" No fundo do Mar "


No fundo do mar,
não há lua nem sol.
Há peixes a nadar
e, a iluminar está o farol.

Os tubarões aterrorizam,
os marinheiros em alto mar,
Há para descobrir grutas escuras
e, "tesouros" para encontrar.

O mar é azul.
Existe corais de admirar,
enquanto escova os seus cabelos,
a sereia entoa o seu cantar.




Autor: Diogo Sousa



 
Autor
ArlindoGaio
 
Texto
Data
Leituras
7784
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AuroraRosado
Publicado: 02/08/2010 20:50  Atualizado: 02/08/2010 20:50
Colaborador
Usuário desde: 18/03/2010
Localidade:
Mensagens: 623
 Re: "No fundo do Mar"
Obrigada por partilhar connosco este pedacinho de simplicidade e inocência Que bonita é a capacidade das crianças de se maravilharem com o que as rodeia! Parabéns para o seu filho: tem, de facto, muito talento!

Bj