https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Na onda da vida

 
Bate à margem, branda e pura
A onda suave, solta e forte
E bendizendo da sua sorte
Enrolada por esta vida de ternura.

Vai e volta, traz e leva, amargura
Do meu peito, do meu porte
E não precisa de passaporte
Para navegar assim na loucura.

Senti a corrente leve e ateia
Ao passar rochedos e na areia
Passos da vida em movimentos.

Que espalha espuma e recolhe
Enquanto no seu seio me acolhe
Eu passo e ando em passos lentos.

 
Autor
mariagomes
 
Texto
Data
Leituras
1695
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
12
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 03/08/2010 20:34  Atualizado: 03/08/2010 20:34
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Na onda da vida
Um passar de tempo com sabedoria...Teus sonetos me encantam!

Beijos!

Varenka

Enviado por Tópico
ViniciusNaves
Publicado: 03/08/2010 20:51  Atualizado: 03/08/2010 20:51
Muito Participativo
Usuário desde: 05/07/2010
Localidade:
Mensagens: 70
 Re: Na onda da vida
Maria,

Sempre me perco em teus poemas. São deliciosos poder lê-los...
Obrigado,
Bjo,
V.

Enviado por Tópico
eduardas
Publicado: 03/08/2010 21:38  Atualizado: 03/08/2010 21:38
Colaborador
Usuário desde: 19/10/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3731
 Re: Na onda da vida p/mariagomes
As correntes da vida, numa onda suave que nos absorve a leitura.

bj Amiga.

eduarda

Enviado por Tópico
AuroraRosado
Publicado: 03/08/2010 21:49  Atualizado: 03/08/2010 21:49
Colaborador
Usuário desde: 18/03/2010
Localidade:
Mensagens: 623
 Re: Na onda da vida
Parabéns pelo belo soneto! Muito bem descrito, esse "mar de dentro".

Bj

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 03/08/2010 21:58  Atualizado: 03/08/2010 21:58
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Na onda da vida
Querida Amiga
Poetisa Maria!

Lindo soneto!
Aliás mais um , a vida as vezes é um navegar, e as ondas ora batem no peito e leva alguma coisa e nos deixa outra. Em ti deixou a sabedoria de fazer lindos sonetos.
Bjinhos
♫Carol

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 03/08/2010 22:07  Atualizado: 03/08/2010 22:07
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Na onda da vida
Bravo!Belo, expressivo e cheio da magia musical do bem tecido soneto, Maria. :)
Bjins, Betha.

Enviado por Tópico
CLEIDEYAMAMOTO
Publicado: 03/08/2010 23:56  Atualizado: 03/08/2010 23:56
Da casa!
Usuário desde: 27/03/2010
Localidade: Pindamonhangaba-SP-Brasil
Mensagens: 226
 Re: Na onda da vida
E o importante é sempre flutuar sobre essas ondas da vida pra nunca se afogar.

Assim como flutuamos em cada poesia sua, Maria.

beijo com carinho

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/08/2010 13:33  Atualizado: 04/08/2010 13:33
 Re: Na onda da vida
Que lindo!
Flutuei nestas ondas que iam e vinham!
Parabéns minha amiga,ficou lindo!

Beijos ternos

Rosa

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 06/08/2010 08:42  Atualizado: 06/08/2010 08:42
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Na onda da vida
Maria,
Um soneto ao sabor da onda da nossa vida. Ora lenta, ora agitada, cá vamos ao sabor da maré.
Bonitos os teus sonetos.
Beijinho
Nanda

Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 06/08/2010 22:51  Atualizado: 06/08/2010 22:51
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2058
 Re: Na onda da vida
Fiquei eu aqui, como uma balsa, ondulando nas orlas soberbas deste soneto.
Sempre um encanto.

Beijinhos
Beija-flor

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/08/2010 13:48  Atualizado: 07/08/2010 13:48
 Re: Na onda da vida
Maria...que lindoooooooooo, amei... me vi nessa onda que vai e vem, nos leva e nos traz alegrias e todos os sentimentos possíveis arrebentando o coração... que saudade,beijo enorme poetisa que eu admiro muitoooo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/08/2010 23:47  Atualizado: 07/08/2010 23:47
 Re: Na onda da vida
E esses passos da vida, não podem parar. Assim como você com seus belos sonetos. Gosto de te ler Maria. Gosto de você, sinto cheiro de bom carater no ar.

Beijo

Rosangela