https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A brisa

 
A brisa acaricia a face, é tão fresca e suave
que o seu toque é de classe e sinto-me leve como ave.
A frescura da brisa parou e senti na face rubor
como ferida que sarou, como desabrochar da flor.
toquei de leve com os dedos, na face ruborizada,
como quem conta seus segredos fiquei mais aliviada.
aliviada e tranquila, deitei-me na cama feita,
com o pensamento em fila, como que preso a uma seita.
levantei-me e praguejei, tornei o corpo a deitar.
O pensamento libertei e sim comecei a sonhar.
Sonhei contigo, sonhei comigo
sonhei com a brisa leve,
sonhei e ainda sinto seu toque, mesmo que breve!

 
Autor
Rosalia
Autor
 
Texto
Data
Leituras
517
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
0
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.