https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

AMAR N'OUTRO PLANO

 
Tags:  amor    paixão    desejo    sexo  
 
Open in new window


AMAR N'OUTRO PLANO

Em mim vou, enroscando-me,
Desconstruindo a paisagem
Que me permite ser intruso
Em meio ao mataréu selvagem
De minh’alma em franco desuso

Busco-me nas alamedas,
Nas ruelas, dentre pés coesos
Mas o medo trisca as baixelas
De meus joelhos indefesos
Que rangem de amor por ela

Em mim vou, vitimando-me
Assomando-me em dons imorais
Desvirtude de menear gazeteiro
A entoar rouco, em madrigais
Meu revolto desejo grileiro

Busco-me nos oceanos florais
Pelas luzes virginais de Astréia
Dia pós dia, meses, ano pós ano
A singrar margaridas, azaléias...
- Vou lhe amando n’outro plano -


Gê Muniz

 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
910
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 31/08/2010 19:11  Atualizado: 31/08/2010 19:11
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: AMAR N'OUTRO PLANO
Poeta Gê!

Esse amar n'outro plano é complicado.
Busque a si mesmo e quem sabe tudo melhore.
Belo poema poeta.

Bjo
♫Carol


Enviado por Tópico
anakosby
Publicado: 31/08/2010 19:49  Atualizado: 31/08/2010 19:49
Colaborador
Usuário desde: 12/04/2010
Localidade: Torres
Mensagens: 1739
 Re: AMAR N'OUTRO PLANO
Gê, sabes, tem coisas, palavras, sons que tocam a gente. São coisas que nos fazem vibrar, ou melhor que vibram em nós em nossa vibração primordial, será que enrolei muito ou deu para entender? ( Se responder que entendeu sem dar eu te mato!).

BEIJO, MAIS UM QUE LEVO COMIGO, ADORO TE LER!!!


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 31/08/2010 22:14  Atualizado: 31/08/2010 22:14
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: AMAR N'OUTRO PLANO
Poema desconsertante a leitura: a gente vai se construindo e "desconstruindo" nos sentires.Gostei, Gê!
Bjins, Betha.