https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Verdades de Amantes

 
Verdades de Amantes
 
Vagueio pela noite cinza em busca de companhia,
Porém minha solidão é mais forte que a carne que seu olhar me oferece.
Ainda que vagueando, tu esperas da vida e ela te acompanha em todos os cantos,
Mesmo ainda estando a sofrer...
Corro rompendo imagens de sintonias dissonantes
E o desejo ainda arde diante da sede que engoles
Lembro de suas vontades ainda amanhecendo, convidava-me a sorrir...
Caminhante frente ao desenlace, apenas adormeço ao sonho dessa espera.
Agora a espera desse desejo invade-me em maior pensamento.
Sorrir pelas lembranças de nossa imaginação, pelo silêncio contínuo de nossos corações...
Sofro porque me quer diante do não existir, apenas pernoito seus pensamentos...
Mas os pensamentos são meros espelhos que refletem nossas almas...
Lembro que sua vontade, era maior que o infinito.
Eu desejo cometas e estrelas a sucumbir-me entre arvoredos...
Tu agarravas as estrelas em busca de mim...
Mas eu sei que não sou um gigante...
Não posso seguir os passos teus...
Não tenho asas para voar e acompanhar o teu vôo...
Minha alma flutua sem invadir seu espaço,
Mas os pensamentos são meros espelhos que refletem almas...
A essência está além do que dizem as palavras...
Procura-me achar aonde escorre meus riachos,
Serei apenas desejos entre verdades,
Sigo fugindo de suas entranhas,
Mas a alma calma ainda dissimula a saudade
Elas darão testemunhos de nossas verdades...
Seremos apenas amantes cicatrizes.


Diana Balis

Agradeço ao poeta Helder Magno por sua parceria nesse duplix.
Diana Balis
Publicado em 07/05/2008
 
Autor
DianaBalis
 
Texto
Data
Leituras
878
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.