https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

História de uma Perseguição (CORDEL)

 
Tags:  [cordel]  
 
História de Rivana e Luzia
Vou contar aos meus leitores
Foi na cidade de Santa Rita
NUm churrasco e bastidores
Que mostraram suas valentias
Sem importarem com suas dores.

Rivana estava com enxaqueca
Luzia socorreu de prontidão
Falou: vou pegar o meu carro
Antes que você caia no chão
Vou te levar rapidinho
A uma farmacia de plantão.

Quando subiram a avenida
Viram a primeira confusão
Um carro fazendo manobras
Procurando vaga na contramão
E o transito da avenida
Fica parado nas duas mãos.

Isso não poderia vir agora
Disse Luzia a sua amiga
Sua dor não vai embora
E agora isso me intriga
Somos duas agora paradas
E estou com dor de barriga.

Enfim o transito andou
Continuaram a procura
Da farmácia para a dor
Onde viram a desventura
De um atropeado no chão
E bicicleta em achatadura

Mas isso foi por pouco tempo,
Pois viram um velho safado
Fazendo manobras na contra mão
Deu marcha a ré desesperado
Saiu de fininho dessa cena
Abandonando um atropelado

Rivana e Luzia xingaram
As duas não deixaram barato
Ligaram para a policia
relatando todo o fato
Mas pra não perder de vista
Perseguem o carro no ato.

Pegam a placa do safado
Luzia ainda na direção
Rivana liga pra polícia
E informa a perseguição
Começa então o bate papo
Entre polícia e onde estão.

Policia verifica a placa
Endereço não consta na lista
Rivana de novo verifica
Informa não há erro na vista
Polícia diz fique no ponto
Rivana: Não sou especialista.

Não entendo, não há ponto
Na rua nem passa carrocinha
Polícia retruca, menina
Ponto é voce ficar na linha
Vamos fazer a averiguação
Do número dessa plaquinha.

A polícia viu de novo
E a placa foi acusada
A menina então retrucou
Perseguição está acirrada.
O safado está abalado
Parece agora parado.

Pensando estar salvo
Parou o carro no asfalto
Luzia aperreada, sai do carro
E diz na voz contralto
Abre a porta seu safado,
-Não abro, isso eu ressalto

Então nesse abre não e sim
Rivana da o ponto da ação
Polícia chega ao encontro
Terminando a perseguição
Pois era apenas uma volta
A uma farmácia de plantão

 
Autor
Antonio Ayrton
 
Texto
Data
Leituras
3390
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 21/08/2007 17:22  Atualizado: 21/08/2007 17:22
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4038
 Re: História de uma Perseguição (CORDEL)
Mas que volta agitada!