https://www.poetris.com/
 
Textos -> Políticos : 

Um Dia no Meio da Guerra

 
Fechei os meus olhos.
O dia já escureceu…a passagem de mais uma bomba deixou um rasto de pó cinzento…fez-me espirrar…fez-me berrar. Já sei que quando ela cair muita gente vai matar.
Não quero ter os olhos abertos, não quero ver quem amo desaparecer, não quero ver sangue a escorrer, não quero ver o meu povo a sofrer.
Porque estou aqui metido? Não sei o que fazer, provavelmente não sei quantos mais minutos irei viver.
Não sei o que é sorrir, correr no parque, ver o sol a nascer, nem tão pouco aprender a ler. Sou apenas um obstáculo a abater.
Alguém que de forma inglória vai morrer. Porque não me deixam viver?

Só se ouvem disparos, a morte a sobrevoar disfarçada em pedaços de pólvora…em balas…
… Que um dia vão-me levar, que um dia vão calar-me, que um dia vão-me apagar os meus sonhos…a minha vida…

Por isso…fechei os meus olhos… não quero ver a morte chegar…


Escrito por: João Filipe Ferreira (Direitos Reservados)

Textos Registados no IGAC com processo nº 2067/2008
______________________________________________________________________
O meu blog: www.lastgoodbadidea.blogspot.com

 
Autor
João Filipe Ferreira
 
Texto
Data
Leituras
2141
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 23/08/2007 01:54  Atualizado: 23/08/2007 01:54
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Um Dia no Meio da Guerra
Fechar os olhos... não ver a morte chegar...
João está forte! Muito sentido mesmo!

Beijinhos

Enviado por Tópico
juvepp
Publicado: 24/08/2007 21:44  Atualizado: 24/08/2007 21:44
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade: Machico - Madeira
Mensagens: 547
 Re: Um Dia no Meio da Guerra
João, lamento desiludir-te mas num mundo em guerra, a morte toca a todos, inclusivé aqueles que tiveram o azar de estar no local e na hora errada. As guerras só matam inocentes, quem é apanhado no meio de razões e ressentimentos que não são os seus mas de outros. Os grandes do mundo são eternos imbecis que nada aprendem. Cozinham as guerras desde o início do mundo e não se convencem que só fazem mal. Beijinhos

Enviado por Tópico
Luz&Sombra
Publicado: 04/10/2007 15:16  Atualizado: 04/10/2007 15:16
Da casa!
Usuário desde: 02/10/2007
Localidade: Cantinho à Beira Mar Plantado
Mensagens: 410
 Re: Um Dia no Meio da Guerra
"Só se ouvem disparos, a morte a sobrevoar disfarçada em pedaços de pólvora…em balas…"

Não sei de ti, mas eu sei o que isso é... senti de perto o cheiro da morte, ouvi o cantar lúgubre das metralhadoras, ouvi o estrondo das bombas a cair pertinho de mim... senti o pavor da incógnita, será que a próxima caí aqui?!

Doeu lembrar, mas é preciso não esquecer!

A guerra é irracional, é de entre muitas, a MAIOR estupidez do Homem, a nossa espécie, que se auto intitula, como animal racional.

Bjs de Paz