https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A pobreza está a dormir

 
A pobreza está a dormir dentro da garrafa do vinho e a garrafa do vinho é a casa do mundo. A pobreza é uma mulher louca que anda pelas tabernas a mostrar as pernas aos homens disfarçados de anjos, mas na verdade são frustrados actores de cinema fumando cigarros de papel de jornal. A pobreza está a dormir no jardim municipal escutando a orquestra Africana. Na tecla do piano anda uma borboleta como um barco na água dos olhos. A pobreza está a dormir dentro da garrafa do vinho e a garrafa do vinho é a gruta do homem solidão. A pobreza escuta o ruído do comboio e ela desenha nos vidros os medos infantis dos gangsters Americanos.
A pobreza está a dormir dentro da garrafa do vinho e a garrafa do vinho é a casa do mundo.

Lobo

 
Autor
lobodaescrita
 
Texto
Data
Leituras
666
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
1
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Epifania
Publicado: 14/11/2010 15:42  Atualizado: 14/11/2010 15:44
Super Participativo
Usuário desde: 02/07/2010
Localidade:
Mensagens: 179
 Re: A pobreza está a dormir
- A pobreza dorme sempre que nos virarmos ao contrário depois de bebermos o vinho todo

- Ficou a a garrafa vazia. Poder-se-á enviar uma mensagem ao outro lado do mundo, onde a pobreza aguarda ainda por um lado uniforme do mundo todo

Um prazer enorme poder ler-te


beijo
e
abraço


Epifania & Ainafipe