https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Um Caso de Rua

 
Tags:  abandono  
 
No autocarro, sentado
A meu lado
Estava um jovem tristonho,
Mal humorado…
Olhou-me com rancor,
Senti receio, temor,
Mas falei-lhe com carinho
e perguntei baixinho:
-Que Tem? Que posso eu fazer
que mude seu parecer?
Tornou a olhar-me desconfiado
e ao mesmo tempo desesperado…
- Nada! – respondeu.
– Estou só, revoltado
com a vida. Abandonado
por Deus ou pelo diabo!
Era tanta a raiva que sentia
que, por momentos, um arrepio me invadia…
Tornei a falar-lhe meigamente,
na esperança de que, finalmente
conseguisse transformar a sua dor
num poucochinho de amor.
Senti na sua voz um soluçar
e sem o ver chorar,
lágrimas sei que brotavam do seu peito…
Num abraço estreito,
e reconhecido, beijou as minhas mãos…
Nada disse, mas esse gesto l
levou-me a acreditar
que é nosso dever
com fé saber esperar
que tudo quanto é mau
em BOM se pode transformar!


Maria da Conceição Taurino
1º Prémio da Classificação Geral dos III Jogos Florais do Lar

 
Autor
MCTAURINO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1163
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.