https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.(27.01.2011)

 
Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí!


Quero hoje lhes falar,
sobre algo especial para mim!
É minha amiga BelaRose
e seu teclado Dó-Ré-Mi...

Quando um dia me contou
que só se aquietava com o teclado,
fiquei muito interessado
no teclado Dó-Ré-Mi.

A ela fiz muitas perguntas,
indagações e questionamentos...
Não entendia como um simples teclado
soltando sons meio embriagados,
ter nas notas ditos talentos!

Perguntei-lhe se o teclado,
meio novo meio usado,
era capaz de me dobrar
com seus encantamentos.

Ela sorrindo me narrou
que o amigo Dó-Ré-Mi,
só si permite o Si, Lá, Sol
se o ouvinte for poeta,
um poeta “Sol, Lá, Si”.

Neste momento quanta tristeza!
Sem jeito e envergonhado,
pois meu coração poeta
era meio relaxado...

Disfarcei meio discreto
as anemias de meus talentos,
pois o som que escutava
não me tinha encantamento!

Eu tão tolo doutrinado
com o Dó, Ré, Mi do mundo,
que não ouvi o Sol, Fá, Mi,
que de lindo era absurdo!

Observei atentamente
tentando me concentrar,
mas só ouvia barulho...
Si, Ré, Mi, Dó...
Dó, Ré, Mi, Fá...

Olhei para BelaRose
e os olhos dela brilhavam,
os dedos dela cantavam
sobre as teclas do Dó-Ré-Mi.
Pareciam dançarinas
na dança dos quinze anos,
dançando avidamente
sem erros e sem enganos...

Foi aí que percebi
como ela viajava,
entregando-se ao Dó-Ré-Mi;
Como ele a inspirava!

Então meu coração poeta
ouviu misteriosamente,
o som da mais linda música
que ali se fez presente...

Foi então que deslumbrei
o famoso Dó-Ré-Mi...
Desde o início já tocava
os acordes Sol, Fá, Mi!

Minha amiga BelaRose,
com você eu aprendi,
que o poeta só é poeta
se desvendar o Dó-Ré-Mi...

Fala-lhes agora o poeta,
sem receio de errar!
Esse teclado tem um dom!
O dom de tudo acalmar...

Tecla, tecla vai teclando...
Tudo, tudo acalmando...
Dó, Ré, Mi...
Dó, Ré, Mi, Fá!


Open in new window

 
Autor
ALLANpp
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1948
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
27 pontos
19
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 27/01/2011 10:33  Atualizado: 27/01/2011 10:33
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Bom dia! Nossa Allan você passou no desafio
Ficou muito lindo seu poema, parabéns, amei.
Sabe é uma verdade adoro tocar teclado, fico
Mesmo deslumbrada de perceber como que tocando
teclado me faz bem e me acalma.bjs


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/01/2011 10:52  Atualizado: 27/01/2011 10:52
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Allan,bom dia!

Em primeiro lugar sejas bem vindo a esta casa!
Em segundo,amei esta homenagem a amiga Rose,pois ela é um encanto de pessoa e mereceu com louvor teu escrito!
Ao Poeta,eu deixo meus aplausos,por ter deixado teu coração falar e ter transcrito com maestria o que se tornou uma verdadeira poesia estes sentimentos!
Como amante de música e amando tanto o Teclado,o Piano e o Órgão,eu só posso dizer uma coisa; É divino deixar os sentimentos da alma revelar através das notas músicas,é como viajar ao céu!
Então deixo a ti uma frase que sempre uso...rsrsrs

SOL DÓ SI MI Ré LÁ,isto uso sempre quando sento á banqueta para executar um trecho musical é claro!

Parabéns!

Abraços carinhosos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/01/2011 11:12  Atualizado: 27/01/2011 11:12
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Que poema lindo...a reflexão melhor ainda...dirigido à querida BelaRose completa a maestria do autor/poeta. Parabéns Allan, está primoroso teu texto... O LUSO recebe mais um poeta que promete muito...vamos nos deliciar com suas poesias... Sejas bem-vindo, que o prazer e o sucesso te acompanhe na tua jornada literária por aqui.
Abraços Alice


Enviado por Tópico
Naty
Publicado: 27/01/2011 13:26  Atualizado: 27/01/2011 13:26
Colaborador
Usuário desde: 13/11/2010
Localidade:
Mensagens: 1440
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Dó Si lá sol Ré Mi Fá Dó
Lindas recordações do solfejo de criança.
Sem esperança de um dia poder tocar.
A mão no solfejar que saudades!
O tempo não volta atrás!
Percorro agora o sonho perdido
Mas já não te tenho pai querido!
Quero aprender novamente
O que me tinhas ensinado.
Será que conseguirei?
Vou tentar.
Para que no dia de amanhã
Eu possa música tocar!

27-1-2011---Naty Esteves

Lindo o seu poema dedicado à Poetisa Belarose,que admiro muito.Parabéns.Trouxe-me recordações lindas do meu pai.Bjo.Naty


Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 27/01/2011 14:50  Atualizado: 27/01/2011 14:50
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Gostei do poema e referenciando a Belarose minha grande Amiga já desde fora do Luso!

Desejo-lhe muito sucesso.

Abraço do ZÉ


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/01/2011 15:09  Atualizado: 27/01/2011 15:09
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
*Olá Allan, seja bem vindo!
BelaRose é a Poetisa das Ternuras, ela tira mágica desse teclado poético que é escrever Poesia.
Linda prosa poética e uma linda homenagem!
Carinho e admiração
Sou Karinna*


Enviado por Tópico
rosa-branca
Publicado: 27/01/2011 15:55  Atualizado: 27/01/2011 15:56
Colaborador
Usuário desde: 24/05/2010
Localidade:
Mensagens: 739
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Bem meu amigo, tenho que confessar que falando na doce Belarose você ficou perdido de encantos...essa música não será a musica do amor? É que eu sou uma eterna romântica...Quanto ao poema gostei muito. Só tem é que continuar a amar e a fazer poemas, pois a alma do poeta assim o pede. Bem vindo, está entre amigos. Beijos com carinho


Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 27/01/2011 16:56  Atualizado: 27/01/2011 16:56
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Poeta Allanpp,

Bem vindo a casa dos poetas LUSO-POEMAS.
Fízeste uma homenagem em sons a poetisa Belarose com certeza foi bem merecida.Quero acrescentar que
que tens um belo estilo!Siga em frete que tens um mundo a conquitar.Adorei ler-te!

Bjs
Varenka


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 27/01/2011 18:28  Atualizado: 27/01/2011 18:28
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Caro Allan, o poema ficou deslumbrante,
encantei-me pelo dó-ré-mi
sol-lá-si
do
bjs


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/01/2011 21:51  Atualizado: 27/01/2011 21:51
 Re: Tecla, tecla, teclado Dó-Ré-Mí.
Um belo poema e uma bela dedicatória de quem aprendeu a amar a poesia com a poetisa Belarose. Uma poetisa que merece realemente esta dedicatória. Além disso, o seu poema está muito belo e bem construído. Dá gosto ler.
Parabéns!
Célia