https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Nos nós dos dedos

 
Tags:  telhascaídas  
 
Open in new window


Nos nós dos dedos,
A dor encosta-se à chuva forte
E não nascem arco-íris
Nas breves bonanças de sol,
A restituir alianças prometidas…
Mas prende-a a eternidade do ouro,
E resiste, resiste,
Cega das areias que lhe contam dias,
Anos,
Dores.
Flores também,
As que lhe permitem as mãos debilitadas
Pelas coroas que lhe cravam espinhos
E lhes tolhem vontades.
O sangue corre-lhe em rios subterrâneos,
Intrusos,
Forçando a pele em pecados veniais
Que só lhe afundam as chuvas
E lhe apodrecem a carne.
Mas o ouro é só uma cópia do sol…
Um dia, o real brilho trai a eternidade da dor.
Caem por terra elos e falsos deuses,
A chuva amansa a rigidez dos arcos
E a íris reflecte a serenidade dos dias que restam
Para o cumprimento da luz…
Há,
Agora,
Um símbolo novo de aliança divina:
É Primavera ainda
E nascem-lhe rosas como anéis
-nos eus dos dedos…

29 de Abril de 2011

Teresa Teixeira


Teresa Teixeira


 
Autor
Sterea
Autor
 
Texto
Data
Leituras
913
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
44 pontos
10
1
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MJDA
Publicado: 06/05/2011 01:15  Atualizado: 06/05/2011 01:15
Participativo
Usuário desde: 28/04/2011
Localidade:
Mensagens: 14
 Re: Nos nós dos dedos
..e as rosas sejam jardins de esperança...

Gostei mt, parabéns!

bjs
MJDA

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 06/05/2011 01:56  Atualizado: 06/05/2011 01:56
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29136
 Re: Nos nós dos dedos
UMA LUXURIA DEIXO MEU ABRAÇO. MARTISNS

Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 06/05/2011 04:04  Atualizado: 06/05/2011 04:04
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: Nos nós dos dedos
"é primavera"..."agora"..."há"..."a serenidade dos dias"..."há"..."a eternidade da dor"..."falsos deuses"..."forçando"..."há"..."breves bonanças"..."flores"...e..."há"..."dor"...que "resiste"..como "espinhos"..."e nascem lhe rosas como anéis" neste...excelente...texto "nos nós dos dedos"

Abraço te

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 06/05/2011 06:35  Atualizado: 06/05/2011 06:35
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12064
 Re: Nos nós dos dedos
OS dedos contam tanto como tantas as rugas que os acompanham. A Primavera vem após cada Inverno com rosas...e pérolas como este poema.

Beijos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/05/2011 09:52  Atualizado: 06/05/2011 09:53
 Re: Nos nós dos dedos P/Sterea
Ola Teresa!

Comovente e muito delicado este poema. Toda uma vida cativa num aro que prometia ser o Sol.Outras promessas de vida se cumprirão como pétalas para evitar os espinhos.

Lindíssimo este poema!

Beijo azul


Enviado por Tópico
Auroraemmim
Publicado: 06/05/2011 11:06  Atualizado: 06/05/2011 11:06
Da casa!
Usuário desde: 28/01/2011
Localidade:
Mensagens: 241
 Re: Nos nós dos dedos
Os nós dos dedos contam realmente histórias de onde nasce a inspiração para a poesia.
Gostei muito do seu poema.

Auroraemmim

Enviado por Tópico
adelaidemonteiro
Publicado: 06/05/2011 21:24  Atualizado: 06/05/2011 21:24
Colaborador
Usuário desde: 01/01/2009
Localidade: miranda do douro/Sintra
Mensagens: 733
 Re: Nos nós dos dedos
Quando o aro pouco mais faz que deformar os nós dos dedos é preciso cerrá-lo para que no lugar nasçam primaveras, caso contrário os nós perpetuam-se e instalam-se na alma. Ter a coragem para o fazer é sobremaneira louvável.
Que nasçam flores!!!!

Bj

A.


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 08/05/2011 13:06  Atualizado: 08/05/2011 13:06
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11165
 Re: Nos nós dos dedos
Sterea,
Querida trouxeste-nos um poema sublime.
Beijinhos
Nanda