https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Coisa boa

 
C o i s a b o a – Lizaldo Vieira
Mel de japira
Perfume de mirra
Suco de mangaba
Exultemos em gozo
A alegria
A da borboleta
Anda e vira
Nunca perde a beleza
É tipo agende de enamorados
Cheia de felizes anotações
Em qualquer tempo
Apresenta-se
Porque felicidade é assim
Não desiste
Existe nas pequenas coisas
Num detalhe
Num objeto
Num gesto
Vira e mexe e acontece
Mais você pode mais
Exultemos em gozo
A alegria
Decore a áurea de luzes
Não importa onde
Ou com quem esteja
Faça vibrar no coração
Sacuda a poeira do armário
Renove as paginas da vida
Dia – a – dia
Seja simplesmente borboleta
Cabe em qualquer lugar
Querer é ser
O ser humano foi feito pra ser feliz
Com todos os ventos contra e a favor
Por isso
Não desgarre
Do gesto
Da vontade
Do sorriso aberto
Exultemos em gozo
A alegria
Pois enquanto o rei está em seu divã
Meu nardo exala
Seu perfume



Q U E S E D A N E C U S T O d e V I D A - Lizaldo Vieira
Meu deus
Tá danado
É todo santo dia
O mesmo recado
La vem o noticiário
Com a
estória das bolsas
Do que sobe e desce no mercado
De Tóquio
Nasdaq
São paulo
É dólar que aume...

 
Autor
Lizaaldo
 
Texto
Data
Leituras
887
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.