https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

COISA DE ALMAS GÊMEAS

 

COISAS DE ALMAS GÊMEAS

Ao amanhecer tive a impressão que dormias bem ali do meu lado. Apenas revirei-me na cama ainda com os olhos semicerrados, para me certificar de tua presença. Senti teu perfume entorpecer minhas narinas. O calor do teu corpo e o teu cheiro pairavam no ar fresco do quarto...
Custei a abrir os olhos e já ciente de que fora sonho, para que a magia daquele sentimento e daquele momento não se dissipasse quando minhas retinas fossem colocadas diante da luminosidade que a janela trazia através da cortina alva, os raios de sol.
Era dia. Tive essa certeza quando o relógio despertara sob meu criado mudo e num pulo só vi que estava atrasada para a minha caminhada matinal.

Quisera fosse verdade que estivesse estado ali comigo por toda à noite. E estivera, mesmo em sonho. Pude sentir o toque de tuas mãos macias afagando os meus cabelos e dizia-me como são sedosos e perfumados, esses caracóis!
O celular avisa em sinal de mensagem. Era meu amor dizendo que estaria voltando, que em breve decolaria em meus braços por mais uma semana de folga

É a vida! Devemos saber lutar contra a saudade e a distância, às vezes!


 
Autor
DI MATOS
Autor
 
Texto
Data
Leituras
934
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/05/2011 22:16  Atualizado: 30/05/2011 22:16
 Re: COISA DE ALMAS GÊMEAS
esses queres; são eles que encurtam distâncias e afagam na saudade. gostei das imagens e dos gestos descritos, firmes, lúcidas, perfumadas...

beijo poetisa, e aquele abração bem Carioca.

zésilveira

Enviado por Tópico
AnnaCarvalho
Publicado: 31/05/2011 15:38  Atualizado: 31/05/2011 15:38
Da casa!
Usuário desde: 29/10/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 437
 Re: COISA DE ALMAS GÊMEAS
Querida poetisa Di Matos,

Um lindo momento poético que li duas vezes...rss
A saudade nos faz viajar até mesmo em sonhos...
Muito bonito, gostei de ler.

Beijos,
Anna