https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Adeus,Transversal

 
1


Eugénio Trigo

 
Autor
TRIGO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1109
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
7
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
TRIGO
Publicado: 05/09/2011 18:32  Atualizado: 05/09/2011 18:32
Colaborador
Usuário desde: 26/01/2009
Localidade: Cabeça-Boa - Torre de Moncorvo
Mensagens: 2297
 Re: Adeus,Transversal
...

corto agora as rosas, levo a solidão
para usar sobre a mesa,
com o café;



adeus

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/09/2011 19:20  Atualizado: 05/09/2011 19:20
 Re: Adeus,Transversal
Que se pode dizer...tudo tão belo.

Adeus e viva sempre!!!

Abraços,ALICE

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 05/09/2011 20:42  Atualizado: 05/09/2011 20:42
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Adeus,Transversal
...esse espalhar de metáforas como menino que liberta coloridas bolinhas de sabão, só que acrescentas o saber e a beleza do colar de pérolas: a tua poesia.

abraço caro amigo

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 06/09/2011 01:24  Atualizado: 06/09/2011 01:24
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Adeus,Transversal
Te ler realmente é um elogio. A mesa sempre estará com teu lugar vago (esperando). beijo meu querido

Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 06/09/2011 02:17  Atualizado: 06/09/2011 02:17
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: Adeus,Transversal [Até já Poeta]
Sempre considerei a palavra “Adeus” como mais uma invenção dos Poetas, sim.

Alexandre O’Neill no “Um Adeus Português”
“nesta curva tão terna e lancinante
que vai ser que já é o teu desaparecimento
digo-te adeus
e como um adolescente
tropeço de ternura
por ti”

Ruy Belo em “Uma forma de me despedir”
“Há o mar há a mulher
...direi alto ou baixo conforme puder
...as palavras mar ou mulher
...Não sei mas será
talvez mais que outra coisa qualquer
uma forma de me despedir”

Por isso eu mesmo que soubesse o tamanho dos barcos...que navegam os oceanos...continuaria a admirar a tua poesia, onde
“O mar escreveu-se com as nossas mãos
E nas mãos a espuma de um barco de férias”
Por isso esse “Adeus”, para mim será sempre um breve “Até já”.
Honras-me Poeta com “Adeus, Transversal”
“A
...................................lua,

.............essa, nem tua nem pálida, vestida
...como uma noite,. vinha com .o. sol nos teus olhos a
......queimar os rios e as noites eu lembrei-me que eram
......de cetim,. um violino de pedra que .se. acrescenta ao
........vento”

Abraço-te Poeta num Até já.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 06/09/2011 17:34  Atualizado: 06/09/2011 17:34
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Adeus,Transversal
Aplausos
e emoção para mais um belo texto, Trigo.
Beijinho

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 14/09/2011 22:37  Atualizado: 14/09/2011 22:37
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11172
 Re: Adeus,Transversal
Trigo,
UM deleite para os sentidos, assim é a tela com que nos brindas a cada poema.
Beijo
Nanda