Poemas : 

Noites...

 
Tags:  dia    noites  
 
Noites...
Noites com seus encantos e magia. Noites com seus assombros e terrores. Noites dos amores, noites das solidões. Noites de luar, noites escuras como breu.
Noite... São tantas...
Há noites tão breves e noites que parecem não ter fim. Tudo depende do tipo de noite! Uma noite de amor passa muito rápido, nem vemos a hora passar. Noite de solidão é tão longa que parece duas numa só. É durante a noite que nos atormentamos com nossos pensamentos vagos nisto ou naquilo... Tudo se faz mais difícil do que realmente é. A noite de luar é romântica e as vezes nostálgica. Noites escuras nos dão medo!
Noites... São tantas...
ROSANIRA PAIZ

 
Autor
rosanirapaiz
 
Texto
Data
Leituras
829
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 03/07/2011 12:29  Atualizado: 03/07/2011 12:29
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10200
 Re: Noites...
Bom dia Rosanira, seus versos narram as nuances diversas que podem nos propiciar o período noturno, eu não tenho problemas ainda com a noite, mas ela costuma ser carrasca com os idosos por conta de insônias crônicas e outras debilidades mais, parabens
pelo seu instigante poema, MJ.