https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Dedos

 
Prolongamento do nosso pulso.
Móveis e ágeis são o móbil da sensação.
Nas pontas carregam impressões,
Partilhadas ou íntimas.

Dedos de uma mão, de duas mãos
Que em comunhão se entrecruzam,
De um só portador ou em partilha
De alguém que se palmilha.
Em busca de um mar de emoções.
Dedos de uma mão, mais não são
Que a proximidade ou a distância
De uma outrora partilhada paixão.


Marco Mendes

 
Autor
Marco061984
 
Texto
Data
Leituras
313
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.