https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ao lado do caminho.

 
Passou-me ao lado o propósito,
Ladeou-me o fito do discernimento,
Ultrapassou-me o sentir do entendimento.
Fugiu fulgurante o deslumbre do pensamento.

Corri ao lado do eléctrico do consciente...
Agarrei-me aos seus pórticos com força, mas caí,
Estatelei-me na calçada das estrelas sem norte e sul.
Perdi-me no Galáxia dos Sonhos desgarrados do Ocidente.


Marco Mendes

 
Autor
Marco061984
 
Texto
Data
Leituras
345
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.