https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

fome de ideais

 
Procuro o que não encontro...
Aproximo-me mais, o desejo me consome
de ideais tenho fome;
à minha espera, a felicidade
para quem a espera não há idade,
não existe ansiedade...
A espera é um caminho,
vizinho...bem vizinho
e quem escuta o silêncio da espera,
encontrará uma nova primavera

 
Autor
tereska
Autor
 
Texto
Data
Leituras
539
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
apsferreira
Publicado: 25/02/2012 22:22  Atualizado: 25/02/2012 22:22
Colaborador
Usuário desde: 27/12/2009
Localidade: Ponta Delgada - Açôres - Portugal
Mensagens: 1614
 Re: fome de ideais
Muito bonito,