https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Sinto muito

 
Sinto muito,eu não posso dizer que te amo
Pois isto é,e sempre será uma mentira
Aquele tempo vivido,os momentos onde estávamos envolvidos
Era ilusão de nossas mentes
Um saciar de desejos e vontades descontentes
Meu fetiche reprimido
Minhas safadezas que queimavam na pele
Vários corpos que provei,mas o mais alto prazer era meu e teu
Te usei,toquei teu corpo com volúpia e de forma proibida
Degustei o teu gozo em meio de brincadeiras
Sentimentos falsos iludindo orgasmos escondidos
Usei teu corpo como um meio de prazer
Abusei.



Thábata Piccolo

Curitiba,Outono 2012
 
Autor
Pensadora
Autor
 
Texto
Data
Leituras
418
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.